Santos bate o Deportivo Pasto na altitude colombiana

O Santos conseguiu um ótimo resultado em sua estréia na fase de grupos da Copa Libertadores da América. Jogando na altitude de 2.500 metros da cidade colombiana de San Juan de Pasto, bateu o Deportivo Pasto por 1 a 0, gol de Maldonado.Com o resultado, a equipe brasileira assumiu a vice-liderança do Grupo 8 da competição com os mesmos três pontos do Defensor, mas com dois gols a menos de saldo. O próximo compromisso santista será justamente contra os uruguaios, no dia 1.º de março, na Vila Belmiro.Para conseguir a vitória fora de casa, Vanderlei Luxemburgo fechou o time no 3-5-2 e apostou na velocidade da dupla de ataque formada por Rodrigo Tiuí e Marcos Aurélio. No primeiro tempo, talvez devido à dificuldade de adaptação ao gramado irregular, o Santos quase não chegou ao gol colombiano. No segundo tempo, porém, a estratégia deu certo. Aos 17 minutos, Tiuí puxou contra-ataque pela esquerda, invadiu a área e só rolou para Maldonado bater com categoria no canto: 1 a 0, ironicamente, quando o Santos era mais pressionado pelo Pasto.A partir daí, foi só tocar a bola e esperar pelo fim do jogo. Ainda houve tempo para Zé Roberto, que no primeiro tempo havia sido atingido por um objeto ao tentar cobrar um escanteio, ser ovacionado pela torcida colombiana ao dar lugar a Pedrinho. Humildemente, o brasileiro retribuiu com aplausos.Ficha técnica:Deportivo Pasto 0 x 1 SantosDeportivo Pasto - Barahona; Ramos, Mera, Wílmer Díaz e Monroy; Rodríguez (De la Cruz), Jaramillo, Villamil (Valencia) e Vidal; Juan García (Martínez) e Rodas. Técnico: Alvaro Gómez. Santos - Fábio Costa; Ávalos, Adaílton e Antônio Carlos; Pedro, Maldonado, Cléber Santana, Zé Roberto (Pedrinho) e Kléber; Marcos Aurélio (Rodrigo Tabata) e Rodrigo Tiuí (Jonas). Técnico: Vanderlei Luxemburgo.Gols - Maldonado, aos 17 minutos do segundo tempo. Árbitro - Manuel Andarcia (Venezuela). Cartões amarelos - Rodríguez, Pedro, Ramos, Díaz e De la Cruz. Local - Estádio Libertad de Pasto, em Pasto (Colômbia).

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.