Santos busca trocas para se reforçar

Sem dinheiro para contratações, o Santos está aberto à troca de jogadores. Busca no mercado um zagueiro experiente, um volante com as características de Freddy Rincón e um atacante do tipo matador. Os dirigentes estão encontrando dificuldades nessas transações e nesta segunda-feira o técnico Geninho descartou a possibilidade do zagueiro-central Hilton, do Paraná, defender seu time. "É um dos melhores jogadores da posição no futebol brasileiro e, atuando por um time grande, vai chegar rapidamente à seleção". Por gostar do atleta, o treinador fez a indicação. Os dirigentes tentaram a liberação por empréstimo, mas os paranaenses pretendem vender o passe para acertar a situação financeira do clube.Geninho não sabia como estavam os entendimentos para a troca com a Portuguesa de Marquinhos por Claudiomiro. "A especulação pode ter surgido pelo interesse da Lusa por Claudiomiro e, como eu havia indicado o Marquinhos no início do ano, a ligação pode ter sido feita", disse o treinador. Ele fez o pedido de três jogadores, indicando apenas a posição. "Quando surgirem os nomes, serei consultado", comentou.O treinador quer o grupo fechado no começo de julho. A programação prevê a reapresentação dos jogadores dia 11, uma semana de treinamento no CT Rei Pelé e, na seqüência, uma excursão à Ásia. Ao regressar, o time terá uma temporada fora de Santos e, provavelmente, terá outra excursão, desta vez para a Europa.

Agencia Estado,

04 de junho de 2001 | 18h35

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.