Santos cancela nova visita à entidade espírita

Santos cancela nova visita à entidade espírita

Os jogadores do Santos não vão mais visitar o Lar Espírita Mensageiros da Luz. Os dirigentes pretendiam que Neymar, Robinho, Fábio Costa e outros atletas comparecessem à entidade, que cuida de 34 crianças com paralisia cerebral, para se desculpar do erro da semana passada quando se recusaram a desembarcar do ônibus. A decisão foi tomada para que o time permaneça concentrado e com o foco na semifinal do Campeonato Paulista.

SANCHES FILHO, Agência Estado

09 de abril de 2010 | 19h41

Para compensar a cancelamento da visita, o presidente santista, Luis Álvaro de Oliveira Ribeiro, anunciou que as camisas que o Santos vai usar no clássico contra o São Paulo, domingo, no Morumbi, serão autografadas e doadas ao Lar Mensageiros da Luz para serem leiloadas.

Na semana passada, os jogadores alegaram que deixaram de participar da visita à entidade porque o Santos havia proibido os integrantes do grupo de fazer qualquer tipo de manifestação religiosa ou política, em uma cartilha distribuída no início do ano. Outros explicaram que não quiseram entrar por acreditar que seriam obrigados a "tomar um passe" no centro espírita.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolSantosvisita cancelada

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.