Ivan Storti/ Divulgação
Ivan Storti/ Divulgação

Santos cede Thiago Ribeiro ao Atlético-MG por empréstimo

Santos queria Giovanni Augusto, mas troca não evoluiu

SANCHES FILHO, O Estado de S. Paulo

06 Abril 2015 | 20h05

Thiago Ribeiro foi emprestado de graça pelo Santos ao Atlético Mineiro até o meio do próximo ano. A informação foi confirmada pelo empresário do jogador, Juan Figer, nesta segunda-feira. Os entendimentos entre os dois clubes foram iniciados no mês passado e, a princípio, o atacante de 29 anos seria trocado por dois jogadores a serem escolhidos pelos santistas de uma lista de cinco nomes feita pelo mineiros.

O Santos queria Giovanni Augusto, de 25 anos, mas como o meia move ação contra o Atlético não foi possível incluí-lo nas negociações. O volante Pierre e o zagueiro Émerson foram descartados por terem salários elevados.

Com sete meses de atraso no pagamento dos direitos de imagem dos jogadores e dívidas de curto prazo vencendo, a conta que o Santos fez para liberar Thiago Ribeiro de graça foi da economia de quase R$ 4 milhões que vai fazer ao se livrar da remuneração do atacante durante 15 meses.

Ainda não foi nesta segunda-feira que o novo contrato de Ricardo Oliveira foi assinado, com o salário do jogador passando de R$ 50 mil para R$ 150 mil. Isso ocorrerá assim que o empresário do atacante, Augusto Castro, voltar de Portugal. "Está tudo bem encaminhado e já acertamos praticamente todos os detalhes", garantiu o presidente Modesto Roma Júnior.

O ponto mais importante do novo contrato e que levou Ricardo Oliveira a abrir mão de algumas exigências foi a confiança que a direção santista demonstrou no seu futebol, oferecendo um contrato de 32 meses, o que é incomum para um jogador que vai completar 35 anos no dia 6 de maio.

Pela vontade de Ricardo Oliveira, o novo contrato teria assinado antes do clássico contra o Corinthians, no último domingo, mas o acerto dos últimos detalhes ficou para depois. "Mas, o importante é que acertamos os pontos principais com Taveira (Luiz Taveira), que é representante do Augusto", disse o presidente.

TIME

Marcelo Fernandes deve escalar o que tem de melhor à disposição para enfrentar o Rio Claro, nesta quarta-feira, na Vila Belmiro, pela última rodada da fase de classificação do Campeonato Paulista. Cicinho, Lucas Lima e Geuvânio estão suspensos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.