Santos: com a cabeça na 4.ª feira

Nenhum jogador do Santos nega: o jogo mais importante é o de quarta-feira, contra a Universidad de Chile, pela Libertadores. Mas o técnico Gallo quer seus jogadores com o pensamento apenas na partida de hoje, contra o Atlético-MG, às 16 horas, na Vila Belmiro, pela quinta rodada do Campeonato Brasileiro. "Precisamos nos desligar da Libertadores e só pensar no Atlético. Vai ser um jogo bem difícil", disse o treinador.Apesar dos conselhos do técnico, vai ser complicado os jogadores esquecerem a derrota para a Universidad, por 2 a 1, quinta-feira. "É lógico que o jogo mais importante é o da Libertadores. Não dá para pensar só no Atlético, mas é preciso", afirmou o lateral-esquerdo Léo, que também está com o pensamento voltado para a seleção brasileira - foi convocado por Parreira para a Copa das Confederações, juntamente com Robinho (Ricardinho vai só para os jogos das Eliminatórias). O lateral não gostou muito da possibilidade do Santos tentar a liberação dos jogadores junto à CBF. "Não adianta tentar a liberação. Eu vou para os jogos do Brasil".Para a partida de hoje, Gallo faz mistérios sobre a escalação. Afirma que não vai colocar o time titular em campo, mas não diz quem sai. O goleiro Henao se contundiu quinta-feira e dificilmente enfrenta o Atlético. "Acho bem difícil eu jogar domingo. Melhor eu me preparar para quarta", declarou o goleiro, que sofreu uma lesão no dedo da mão direita. Mauro deve entrar no seu lugar. O lateral-direito Paulo César, que saiu no segundo tempo do jogo em Assunção, também é dúvida. Mas se depender dele, vai ao jogo. "Foi só um cansaço. Domingo eu quero jogar".Os outros jogadores, entretanto, estão prontos para a partida. Só esperam a confirmação de Gallo. Após duas derrotas consecutivas - o time estava invicto há 11 jogos - , os atletas não querem que uma crise apareça na Vila Belmiro. E nada melhor do que uma vitória sobre o Atlético para o clima voltar a melhorar. "Sabemos que a torcida cobra, mas a cobrança maior é entre a gente", declarou o meia Bóvio, que espera estar entre os titulares hoje, assim como Robinho."Estou pronto para o jogo. Quero fazer uma boa partida e ajudar o Santos a vencer", disse o atacante.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.