Alex Silva/AE - 9/9/12
Alex Silva/AE - 9/9/12

Santos começa a procurar lateral-esquerdo para 2013

Com Léo pensando em encerrar carreira e Juan em baixa, Santos considera mudar cara do time

SANCHES FILHO, Agência Estado

20 de setembro de 2012 | 19h53

SANTOS - Com o dinheiro da eventual venda de Paulo Henrique Ganso e a necessidade de voltar a ser competitivo e menos dependente de Neymar, o Santos vai mudar de cara em 2013. As novidades vão começar pela lateral esquerda. Com 37 anos, Léo, colecionador de títulos, com 420 jogos pelo clube e um dos maiores ídolos da torcida, amadurece a ideia de encerrar a carreira no fim do ano. E Juan, emprestado pelo São Paulo, teve um bom início, mas ultimamente caiu de produção e não deve continuar no grupo.

"Primeiro vou ver como eu estarei fisicamente até dezembro e depois vou conversar com Muricy (Ramalho) para saber o pensamento dele ao meu respeito", afirmou Léo. Além de ter planos de se tornar dirigente do clube, quem sabe até presidente, Léo tem sofrido demais com lesões musculares e um problema no joelho direito. Tanto que, neste ano, participou de apenas 21 dos 60 jogos do time. Se renovar contrato, a sua maior colaboração será contribuir para a formação dos jovens que estão subindo da base.

No ano passado, a lateral esquerda já preocupava Muricy Ramalho. Tanto que durante o período de preparação do time para disputar o Mundial de Clubes, promovido pela Fifa, no Japão, em dezembro, o treinador chegou a fixar o quarto-zagueiro Durval na posição para melhorar a marcação. Contra o Barcelona jogaram os dois e não deu certo.

Agora, Muricy Ramalho assiste aos jogos do Campeonato Argentino e até das Séries A2 e A3 do Campeonato Paulista na esperança de encontrar os jogadores para formar o time de 2013, com atenção especial para os laterais esquerdos. E o novo dono da camisa 3 vai chegar com a responsabilidade de ter de apoiar o ataque e defender com a eficiência de Léo, nos seus melhores momentos.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolSantos FClateral-esquerdo

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.