Santos começa novo ciclo em busca do bi

O Santos dá início a mais uma renovaçãoem sua equipe. O técnico Emerson Leão confirmou um time paraentrar em campo neste domingo a partir das 18 horas, contra oCoritiba, na Vila Belmiro, pelo Campeonato Brasileiro, comvárias novidades. Preto, Alexandre, Jerri e Júlio Césarsubstituem os convocados para a seleção sub-23 e ganham a chanceno time titular. "A Libertadores terminou, estamos começando umnovo ciclo no Santos", analisou. O que é possível graças à convocação de quatro jogadorespara a seleção Sub-23. Alex, Paulo Almeida, Diego e Robinho seapresentam segunda-feira ao técnico Ricardo Gomes e estão forade seis compromissos. Essa seleção disputará a Copa Ouro, noMéxico e Estados Unidos. Leão enfatizou que o Santos vive, agora, novos tempos."É uma nova geração, é outra realidade, que aliás começousábado passado". Leão referiu-se à vitória santista contra oBahia por 4 a 0 com uma equipe reserva. "Nesse jogo, ostitulares não fizeram falta, mas vamos ver com a seqüência dejogos", preveniu-se. Não é à toa que Leão colocou os quatrojogadores na partida já a partir deste domingo. "É para elesganharem ritmo, para se entrosarem entre os titulares". Preto nem lembra quando começou um jogo desde o início equer aproveitar a oportunidade. "Tenho um bom entrosamento como André Luís (companheiro de zaga) e não pretendo inventar". Ouseja, Preto vai jogar com simplicidade atendendo a um pedido dotreinador. Sobre o Coritiba, Leão acha que é um time bemtreinado e orientado. "Mas vamos jogar ofensivamente, agredindocomo sempre". O Santos soma 27 pontos no Campeonato Brasileiro, omesmo número que o adversário deste domingo. Portanto, vencersignifica ganhar mais de três pontos, é superar um concorrentedireto e muito próximo na tabela. Leão não poderá contar nestedomingo, além dos quatro convocados, com Elano, que segue emrecuperação de uma contusão no joelho direito, e Pereira,suspenso com três cartões amarelos. Estão pendurados com doisReginaldo Araújo, Léo, Renato e Robinho. Previsões - O técnico santista acha que o Santos manteráseu elenco na seqüência do Campeonato Brasileiro, mas temdúvidas com relação ao meia Renato. "O contrato dele se encerradia 11 (sexta-feira que vem), a data que ele escolheu para secasar no religioso", brincou o técnico. "Se ele sair, vai serpara o exterior, já que ele, no Brasil, só poderia atuar nasegunda divisão", informou. "Mas isso o Renato não quer".

Agencia Estado,

05 de julho de 2003 | 16h28

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.