Santos conhece advesário na Libertadores

O adversário do Santos nas quartas-de-final da Copa Libertadores sairá nesta quinta-feira, no confronto entre os desfalcados Once Caldas e Barcelona de Guayaquil, na altitude de Manizales (2.126 metros acima do nível do mar), na Colômbia. No primeiro encontro houve empate por 0 a 0 e o goleiro do time colombiano Juan Carlos Henao foi o destaque. Para o duelo de amanhã, o goleiro é problema, pois está contundido no tornozelo. "Estamos preocupados, mas confiamos que com repouso e cuidado, podemos contar com ele", disse o técnico Luis Fernando Montoya, do Once Caldas. "Henao é peça fundamental da equipe." A certeza é que não terá o meia Viáfara. Apesar dos desfalques, o time esbanja confiança na classificação. "Depois do que fizemos em Guayaquil não me cabe a menor dúvida que no Palogrande (estádio) faremos um grande jogo", afirmou o criativo meia Arnulfo Valentierra. O técnico Victor Luna também tem problemas para escalar a equipe equatoriana. Não terá o volante Edwin Tenório e o atacante Fernando López. Colombiano, o treinador conhece bem o rival e já definiu a forma de surpreender mesmo atuando como visitante. "Se o Once Caldas quer ganhar, o que não será fácil, vai ser obrigado a ter atitude distinta da apresentada em Guayaquil (referindo-se a retranca) e o Barcelona buscará os espaços deixados por eles." No outro duelo, o Nacional recebe, em Montevidéu, os venezuelanos do Táchira, com a missão de golear, pois perderam o jogo de ida por 3 a 0.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.