Santos consegue virada na Vila e segue 'vivo' no Paulistão

Mesmo jogando mal, santistas derrotam o Mirassol por 2 a 1 e alcançam a 10.ª colocação na tabela

Rafael Argemon, estadao.com.br

13 de março de 2008 | 22h32

Numa noite chuvosa e de pouco público nesta quinta-feira na Vila Belmiro, o Santos sofreu para vencer por 2 a 1, de virada, o Mirassol, mantendo acesas as esperanças santistas por uma vaga nas semifinais do Paulistão. Veja também: Leão comemora o crescimento a 'conta-gotas' do Santos Classificação Calendário / Resultados Mesmo com a vitória, os donos da casa jogaram muito mal. Aliás, ambas equipes mostraram um futebol abaixo da média. Tanto que um lance santistas resumiu todo o primeiro tempo de uma partida sonolenta e recheada de passes errados: aos 24 minutos, o zagueiro Luciano Sorriso tromba com Alexandre Favaro. A bola sobra limpa para Sebastián Pinto, mas o atacante chileno, de frente para o gol aberto, erra de forma incrível o arremate e perde um gol feito. O Mirassol teve nas bolas paradas sua única arma contra o Santos. Porém, Fábio Costa foi realmente testado apenas em uma falta cobrada por Bruno Aguiar. Um minuto antes do gol perdido por Sebastián Pinto, o zagueiro da equipe visitante acertou uma bomba contra a meta santista, mas o arqueiro espalmou para a linha de fundo.  Para o segundo tempo, irritado com os constante lances perdidos por seus atacantes, principalmente por Sebastián, Emerson Leão resolve colocar em campo Renatinho e o argentino Trípodi no lugar do chileno e de Paulo Henrique. Mas as substituições de nada serviram e o Santos continuou errando passes e finalizações fáceis.  Santos2Fábio Costa; Dionísio, Domingos, Betão     e Kléber    ; Marcinho Guerreiro, Adoniran, Molina (Vítor Júnior) e Paulo Henrique (Trípodi); Sebastián Pinto (Reantinho) e Kléber PereiraTécnico: Emerson LeãoMirassol1Alexandre Fávaro; Júlio César, André Turato e Bruno Aguiar; Fabinho Capixaba, Jéferson    , Luciano Sorriso, Xuxa e Alex Alves (Léo Mineiro); Marcinho e Frontini     (Claudinho Baiano)Técnico: Luís Carlos MartinsGols: Léo Mineiro, aos 36 minutos; Marcinho Guerreiro, aos 38; e Kléber Pereira(de pênalti), aos 41 do segundo tempoÁrbitro: Antonio Rogério B. do PradoRenda: R$ 29.840,00Público: 3.841 pagantesEstádio: Vila BelmiroAÇÃO SÓ NO FINAL Os visitantes mais se defendiam do que tentavam se arriscar contra o Santos, porém, aos 36 minutos, Fabinho Capixaba, mesmo pressionado pela marcação, conseguiu um cruzamento longo no segundo pau. Léo Mineiro ganhou de Dionísio no alto e, de cabeça, inaugura o placar para o time visitante. O gol fez o Santos acordar e reagir quase que imediatamente. Dois minutos depois, Marcinho Guerreiro acertou um belo chute rasteiro de fora da área que morreu no conto esquerdo da meta de Alexandre Favaro. Já aos 41, a virada santista. Jéferson faz pênalti em Renatinho. Kléber Pereira e garantiu a vitória dos comandados de Emerson Leão, que ainda seguem 'vivos' no Paulistão.

Tudo o que sabemos sobre:
Santos FCMirassolPaulistão A-1

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.