Santos contrata o lateral Maurinho

O Santos está procurando jogadores experientes para formar seu time para o Brasileiro, ao lado dos jovens que estão sendo revelados, mas Leão não abre mão de algumas estrelas. O treinador revelou que conversou com Luxemburgo sobre a transferência de Juninho e Magrão para a Vila Belmiro e o técnico palmeirense pediu Rubens Cardoso. "Concordei com a troca, mas parece que o Palmeiras deu meia volta e ficou o dito pelo não dito." Nesta quarta-feira, o Santos concluiu as negociações e contratou o lateral-direito Maurinho, do Etti-Jundiaí, um dos destaques do torneio. Ele irá se apresentar nesta quinta-feira pela manhã no CT Rei Pelé. Ele foi contratado até o fim do ano. O técnico esclareceu que Magrão e Juninho iam compor o grupo na formação da equipe, "mas não fazem parte do talento que desejamos". Assim, ele informa que terá "alguns jogadores para definir o time e receber, de presente, alguns talentos". Segundo Leão, "com bons jogadores, você monta uma equipe e com talentos, vence a partida". Lamentou as dificuldades que o futebol vem apresentando na parte financeira. "Estamos muito preocupados com a falta de dinheiro e com a liberdade que os jogadores têm", disse ele, para concluir. "Temos que voltar ao tempo antigo, em que trocávamos mercadorias; digamos que o mundo árabe está presente." Por conta dessas dificuldades, ele revelou que o time do Santos ainda não está definido. "Estamos aguardando a renovação do contrato de alguns jogadores, mas com essa Lei Pelé fica difícil e os clubes estão perdidos". Leão confirmou também que há entendimentos com o São Paulo para a troca de dois jogadores. Ele não revelou os nomes, mas o tricolor quer o lateral-esquerdo Léo e o zagueiro André Luís. "O São Paulo nos procurou por dois atletas e forneceu uma relação; eu fiz outra e, se aceitarem a minha, aceito a deles". Sobre Odvan, foi claro com o que sabe. "O clube estava acertando a rescisão do contrato dele e ele não vai pertencer mais ao clube". O futuro de Odvan, porém, só será definido oficialmente na segunda-feira pelo presidente Marelo Teixeira, embora ninguém acredite em sua permanência.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.