Santos culpa falha em gerador por apagão na Vila

O Santos emitiu nota oficial nesta quinta-feira para explicar o repentino apagão dos refletores da Vila Belmiro durante o jogo contra o Corinthians, quarta à noite, na primeira semifinal da Copa Libertadores. O clube culpou um problema mecânico em um gerador pelo ocorrido.

AE, Agência Estado

14 de junho de 2012 | 19h29

Os refletores da Vila Belmiro se apagaram aos 37 minutos do segundo tempo, exatamente quando o Corinthians estava no ataque. Depois, foram necessários cerca de 20 minutos para que o jogo fosse reiniciado, com a vitória corintiana por 1 a 0 mantida.

De acordo com o Santos, houve um problema mecânico em um dos dois geradores contratados pelo clube, instalado na Rua Princesa Isabel, por exigência do Corpo de Bombeiros.

"A equipe técnica do Santos imediatamente desligou a alimentação via gerador e religou via CPFL (concessionária que atende a cidade de Santos), restabelecendo o sistema. A demora de cerca de vinte minutos para a retomada da iluminação ocorreu porque, tecnicamente, é necessário aguardar o resfriamento das lâmpadas antes de seu religamento", explica a nota.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolSantos FCCopa Libertadores

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.