Santos: Decisão do futuro de Denis sai nesta sexta-feira

Lateral-direito pede na Justiça sua liberação; clube diz que jogador tem contrato até 2011

Sanches Filho, O Estado de S. Paulo

15 de maio de 2008 | 18h30

O juiz da 3.ª Vara da Justiça do Trabalho em Santos, Roberto Vieira de Almeida Rezende, divulga nesta sexta-feira sua decisão sobre o pedido de liberação do lateral-direito Denis e a contestação do Santos, alegando que o jogador acertou, em março, um novo contrato até 2011. Denis confirma o acordo, mas afirma que foi coagido a aceitar o contrato de gaveta. Nesta quinta-feira, as partes foram ouvidas pela juíza-substituta Luciana Bezerra de Oliveira, e nesta sexta o juiz titular, que indeferiu o pedido de liminar do jogador, anuncia a sua decisão. Ao sair da audiência, Denis não deu entrevistas. A sua advogada, Mariju Ramos Maciel, disse que acredita que o pedido de seu cliente será atendido. "Minha expectativa é que a decisão seja favorável a Denis, até para evitar que clubes continuem utilizando a prática ilegal do contrato de gaveta", disse Mariju. A advogada contestou a informação que Denis ingressou com ação na Justiça do Trabalho contra o Santos porque seu contrato original termina no sábado, e em razão de uma proposta do Corinthians para ganhar o dobro dos R$ 25 mil mensais que recebe no Santos. "Denis jamais disse que pretende sair do Santos. O que ele pede é que haja discussão para que se chegue a consenso quanto à duração e os valores de um novo contrato", concluiu a advogada. RENATINHOO departamento jurídico do Santos mantém silêncio sobre o impasse envolvendo o atacante Renatinho. A exemplo do que já aconteceu com Marcos Aurélio, Rodrigo Souto, Kléber Pereira, Alemão e Denis, o jogador afirma que o novo contrato registrado pelo clube na CBF é de gaveta e não tem valor legal. O que se comenta nos bastidores santistas é que o empresário Juan Figer contratou um advogado para solucionar o problema com os dirigentes santistas, para em seguida Renatinho assinar contrato com o Palmeiras.

Tudo o que sabemos sobre:
Santos FCDenis

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.