Santos define planos nesta semana

A diretoria do Santos tem agora apenas uma semana para começar a definir a equipe que vai colocar em campo no Campeonato Brasileiro. Ao contrário do ano passado, quando atletas de renome foram contratados, culminando com a chegada do atacante Edmundo, no meio do ano, o time da Vila Belmiro, em visível crise financeira, observa um movimento contrário: de saída de seus principais atletas. O atacante Caio já acertou com o Fluminense, Dodô deverá obter passe livre no mês que vem, mudando de clube, enquanto o volante Rincón está em vias de se despedir do Santos, uma vez que sua contratação interessa ao Corinthians e também ao Fluminense, do Rio de Janeiro, times que têm pressa em definir suas equipes para o Brasileiro. Não bastasse a indefinição sobre a eventual permanência do volante colombiano, que passa férias em Orlando, nos Estados Unidos, as dificuldades financeiras poderão obrigar o Santos a aceitar a transferência do lateral Léo, que interessa ao Werder Bremen e ao Borussia Dortmund, ambos da Alemanha. Também não está descartada a saída do meia Robert, que poderá ir para o Palmeiras ou ser negociado em eventual troca. A diretoria do Santos já manifestou interesse na vinda de dois atletas palmeirenses: o atacante Tuta e o volante Claudecir. De certo mesmo, o Santos está contando com o retorno do lateral-esquerdo Rubens Cardoso, que após o jogo de hoje, vestindo a camisa do Grêmio, em Porto Alegre, deverá retornar à Vila Belmiro, uma vez que o time gaúcho não tem como quitar a dívida com o Santos pelo empréstimo do jogador.

Agencia Estado,

10 de junho de 2001 | 17h17

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.