Santos derrota Inter e entra de vez na briga pelo título

Santos e Internacional fizeram confronto direto na noite desta quarta-feira, na Vila Belmiro, para ver qual dos dois entraria com força na briga pelo título do Campeonato Brasileiro. E os donos da casa se aproveitavam de vantagem histórica (jamais perderam para o rival gaúcho em seu estádio) para sair de campo com a importante vitória de 1 a 0.

ANDRÉ AVELAR, Agência Estado

14 de outubro de 2010 | 00h23

Assim, com a vitória nesta quarta-feira, em jogo atrasado da 13ª rodada do campeonato, o Santos ultrapassou o próprio Inter, assumiu a quarta colocação e, com 48 pontos, ficou a apenas seis pontos do líder Cruzeiro. O time gaúcho, por sua vez, ocupa agora a quinta posição, com 47, e perde um pouco o ânimo para buscar o título brasileiro.

O Inter entrou em campo bastante desfalcado, sem contar com jogadores como Alecsandro, Giuliano e D''Alessandro, por diferentes motivos. Assim, o técnico Celso Roth reforçou a marcação, para evitar as investidas do rápido ataque santista. Diante disso, as chances de gol não foram tão constantes como se esperava num confronto desse nível.

Para chegar ao gol, o Santos contou com uma falha da defesa do Inter. Pressionado pela marcação sob pressão, o lateral-esquerdo Kléber perdeu a bola perto da área do time gaúcho. Aí, surgiu a estrela de Neymar. Ele partiu para cima do zagueiro Bolívar, aplicou o drible e tocou no canto do goleiro Renan, fazendo 1 a 0 aos 26 minutos.

No segundo tempo, Celso Roth resolveu colocar o meia Tinga, que está voltando de contusão. Assim, melhorou a qualidade do meio-de-campo do Inter, que passou a pressionar mais em busca do empate. Mas faltou contundência ao ataque - a dupla foi formada por Edu e Ilan. Depois, o meia Andrezinho também entrou, sem muito sucesso.

Enquanto o Inter apostava principalmente nas bolas aéreas, sem ameaçar realmente o goleiro Rafael, o Santos teve boas chances para ampliar a vantagem nos contra-ataques, mas Neymar e Zé Eduardo desperdiçaram as oportunidades. Mesmo assim, a magra vitória já fez a torcida santista sonhar: a tríplice coroa está mais perto.

FICHA TÉCNICA:

Santos 1 x 0 Inter

Santos - Rafael; Pará, Edu, Durval e Léo (Maranhão); Arouca, Roberto Brum, Danilo (Vinícius) e Alan Patrick (Alex Sandro); Neymar e Zé Eduardo. Técnico: Marcelo Martelotte.

Inter - Renan; Ney, Bolívar, Índio e Kléber; Guiñazu, Derley (Tinga), Glaydson e Marquinhos (Guto); Edu e Ilan (Andrezinho). Técnico: Celso Roth.

Gol - Neymar, aos 26 minutos do primeiro tempo.

Árbitro - Nelson Nogueira Dias (PE).

Cartões amarelos - Guiñazu e Glaydson.

Renda - R$ 243.930.

Público - 10.036 pessoas.

Local - Vila Belmiro, em Santos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.