Santos: desmanche à vista preocupa cartolas

O Santos está em plena disputa do Campeonato Paulista e da Copa Libertadores da América, mas a diretoria entrou em estado de alerta por conta da transação de jogadores. Nesta terça-feira, o diretor de futebol Francisco Lopes admitiu que Paulo Almeida já assinou um pré-contrato com o Benfica. "O compromisso do atleta vence em 30 de junho, o Santos tem interesse em sua manutenção, mas ele poderá negociar seu contrato com qualquer clube, como prevê a legislação".O dirigente também acha difícil a permanência de Renato na equipe para o Brasileiro e deu indicações de que Diego poderá também ser negociado com o inglês Totthenham. "Esse foi o único clube que fez proposta até o momento", lembrou Francisco Lopes, para quem o jogador será negociado somente se a proposta atingir o pretendido pelo presidente Marcelo Teixeira: US$ 8,5 milhões. Além desses jogadores, o Santos perderá Alex, que já fechou contrato com o PSV. "Agosto costuma ser apontado como o mês dos problemas, mas acho que ele será antecipado em um mês na Vila Belmiro", comentou Lopes bem humorado.Segundo Francisco Lopes, o Santos não tem interesse em contratar Vágner Love no momento. "Não partiu qualquer proposta do clube e creio que é uma notícia plantada para que o jogador obtenha um reajuste salarial" , disse o dirigente, que se mostrou contrário também à contratação de Diego Tardelli, jogador que foi dispensado das categorias de base do Santos anos atrás.Contundidos - A reapresentação dos jogadores deu bastante trabalho ao departamento médico do clube. A boa nova foi a liberação do meia Elano para os treinos, depois de ter se recuperado da gripe que o afastou das duas últimas partidas. "Ele irá fazer um tratamento para a recuperação do peso, mas terá treinamento normal", disse o médico Jorge Merouço.Alex, porém, só será liberado aos treinos com bola na quinta-feira, quando passará por avaliação para saber se tem condições de jogo. Em caso negativo, pode surgir a chance para Alcides, uma vez que Pereira, o zagueiro reserva, teve uma lesão no músculo adutor e, segundo Merouço, deverá ficar afastado durante 15 dias.Outros dois jogadores receberam atenção especial, por problemas no mesmo local: o atacante Robinho e o volante Claiton reclamaram de dores. Foram dispensados dos treinamentos, iniciando tratamento intensivo. "Os dois deverão jogar no sábado", garantiu o médico Jorge Merouço. O lateral-direito Paulo César, que voltou ao time domingo passado depois de ter se recuperado de uma contusão, também fez nova avaliação médica.Cinco jogadores estão pendurados com dois cartões amarelos: Elano, Alex, Claiton, Renato e Paulo Almeida.

Agencia Estado,

30 de março de 2004 | 19h27

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.