Santos desmente interesse por Adílson Batista

O Santos desmentiu nesta terça-feira o interesse pelo técnico Adílson Batista, que deixou o Corinthians no domingo. O vice-presidente Odílio Rodrigues Filho disse que o nome do treinador nem chegou a ser lembrado nas últimas conversas dos dirigentes.

SANCHES FILHO, Agência Estado

12 de outubro de 2010 | 20h08

"A gente não pensou no Adílson e o nome dele não foi comentado nas nossas reuniões", garantiu Odílio. O diretor de futebol, Pedro Luís Nunes Conceição preferiu não se posicionar a respeito do assunto. "Vou manter a minha postura de não falar sobre nomes. Acho isso desnecessário porque gera especulação e só causa falsa expectativa", esquivou-se o dirigente.

Logo depois de ter mandado Dorival Júnior embora, a direção santista admitiu que Abel Braga é o treinador preferido para comandar o time na tentativa de conquista da Libertadores em 2011. Abel já teria até conversado com os dirigentes da Vila sobre os reforços necessários para o Santos entrar forte na competição continental.

O presidente Luís Álvaro de Oliveira Ribeiro admitiu no fim de semana passada ter conversado por telefone com Braga e que o treinador do Al Jazira tem grandes possibilidades de assumir o Santos em dezembro. Mas disse também que ele não é o único nome cogitado. De acordo com Luís Álvaro, Paulo Autuori e Ricardo Gomes são outros técnicos que têm perfil para ser o sucessor de Dorival.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.