Santos deve ficar sem Bida, que voltará ao Vitória

O volante Bida teve boas atuações pelo Santos no segundo semestre, mas sua permanência na Vila é considerada "praticamente impossível", segundo o gerente de futebol Ocimar Bolicenho. O empréstimo termina na quarta-feira e o Vitória já o chamou de volta. Para liberá-lo ao Santos, o clube baiano pede US$ 1 milhão (R$ 2,38 milhões)."E esse valor seria por apenas 50% dos direitos do Bida. O restante ficaria com o Vitória e assim não nos interessa", diz Bolicenho. A diretoria cogitou pedir a ajuda do novo parceiro, o Grupo Sonda. O problema é a concorrência da Traffic, que também tem interesse no jogador e poderia colocá-lo em um dos clubes com quem mantém parceria, como o Palmeiras. "É por isso que já estamos atrás de um outro segundo volante", diz o dirigente.Para a cabeça-de-área, o técnico Márcio Fernandes teria hoje cinco jogadores à disposição: Rodrigo Souto, Roberto Brum, Dionísio, Adoniram e Adriano. Destes, porém, só o primeiro tem status de titular absoluto e os três últimos ainda poderiam quebrar o galho na lateral-direita, posição para a qual o Santos ainda não contratou ninguém e deve perder Wendel, que foi emprestado pelo Palmeiras e deve voltar ao Palestra Itália.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.