Santos deve mandar jogos longe da Vila no Brasileirão

O Santos deverá mandar cinco jogos do Campeonato Brasileiro na capital paulista ou no interior. O presidente do clube, Marcelo Teixeira, disse nesta segunda-feira que uma empresa - de nome não revelado - apresentou a proposta, que está sendo estudada. "Brevemente deveremos ter novidade sobre o assunto", avisou. As partidas serão contra times grandes de outros Estados.

SANCHES FILHO, Agencia Estado

23 de março de 2009 | 21h13

No Campeonato Paulista, o Santos já mandou dois jogos longe da Vila Belmiro, contra Botafogo e Mogi Mirim. Jogando no Estádio do Pacaembu, o clube saiu vitorioso nas duas oportunidades. Além disso, atuou pela terceira vez no mesmo local da capital paulista contra o Oeste, que tinha o mando da partida, mas preferiu não jogar em Itápolis. Diante do adversário, o Santos também ganhou.

CONFIANÇA NA VAGA - Marcelo Teixeira se reuniu no começo da tarde desta segunda com o técnico Vágner Mancini e os dirigentes do futebol santista para demonstrar confiança na classificação do time às semifinais do Campeonato Paulista.

"A equipe já mostrou evolução na etapa final do clássico e tem condições de melhorar ainda mais nos quatro jogos restantes da fase de classificação. Mesmo estando em sexto lugar, temos condições de ficar com uma vaga", disse o dirigente.

Mais conteúdo sobre:
futebolBrasileirãoSantos

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.