Daniel Teixeira/Estadão
Daniel Teixeira/Estadão

Santos deve procurar um novo técnico para 2014

Claudinei Oliveira vai ser avaliado após o Brasileirão e não está descartada a troca por um treinador de ponta

Sanches Filho, O Estado de S. Paulo

24 de outubro de 2013 | 07h30

SANTOS - A direção do Santos vai começar a procurar um treinador novo e moderno, com habilidade no trato com jovens promessas da base, que não se sinta inferiorizado com os jogadores mais rodados (e que têm altos salários) e que aceite ganhar entre R$ 350 mil e R$ 400 mil por mês para dirigir o time na volta das férias, em janeiro de 2014. Quem pode se enquadrar nas exigências de boa parte dos integrantes do Comitê de Gestão é Ney Franco, que, depois de passagem tumultuada pelo São Paulo, volta a mostrar competência no comando do Vitória. É um técnico que acumula experiência, apesar de ter apenas 47 anos de idade.

Após demitir Dorival Júnior, em setembro de 2010, e antes de contratar Muricy Ramalho, em abril de 2011, o Santos considerava Ney o treinador sob medida para assumir o time de Neymar, Ganso, Arouca, Wesley e André, e até tentou levá-lo para a Vila Belmiro, mas ele preferiu continuar na coordenação das seleções de base.

Na entrevista exclusiva que deu ao Estado na terça-feira, o presidente em exercício do Santos, Odílio Rodrigues Filho, sinalizou que é remota a possibilidade de contratação de um técnico do exterior. O dirigente reconheceu que Claudinei Oliveira faz um bom trabalho, mas não se arriscou a garantir a permanência do treinador para a próxima temporada, provavelmente por conhecer a posição dos companheiros de Comitê de Gestão.

"Ainda estamos fazendo o planejamento para 2014 e vamos apresentá-lo na próxima semana ao Comitê de Gestão. Estamos fazendo uma série de análises e só então teremos uma ideia melhor com relação à comissão técnica e ao plantel", disse Odílio.

Claudinei tinha tudo para não dar certo, mas surpreendeu ao estruturar o time às pressas, numa mistura de garotos com jogadores experientes, e conseguir vitórias expressivas. Mas não será mantido porque alguns integrantes do Comitê de Gestão acreditam que o time vai mudar de patamar com a chegada de um novo treinador.

TIME

Como nenhum jogador está suspenso, Claudinei Oliveira deverá repetir contra o Corinthians, no domingo, em Araraquara, o time que goleou o Náutico por 5 a 1 no último sábado, na Arena Pernambuco.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolSantos FCNey Franco

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.