Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Santos deve ter Ricardinho em Minas

O Santos busca um novo ânimo para tentar a reabilitação no Brasileiro, depois da desclassificação na Taça Libertadores da América. Para o jogo deste domingo contra o Atlético-MG, em Belo Horizonte, o técnico Vanderlei Luxemburgo poderá contar com o meia Ricardinho, que fará sua estréia no time, mas Pereira, suspenso, é o desfalque. Narciso e Domingos disputam a vaga, que será decidida pelo treinador em seu regresso neste sábado ao Brasil. A derrota para o Once Caldas frustrou os jogadores, que tinham como objetivo maior vencer a Libertadores para disputar o título mundial em Tóquio. O capitão Renato tratou logo de cuidar dos colegas para evitar que os efeitos da desclassificação possam aparecer no jogo deste domingo. "Não podemos ficar lamentando a desclassificação. Temos de levantar a cabeça para conquistar o título brasileiro", comentou depois da partida na Colômbia. O técnico Vanderlei Luxemburgo também quer evitar abatimentos no grupo e está trabalhando a cabeça de seus jogadores para que se concentrem no Brasileiro. "Temos ainda muitas rodadas pela frente, o Santos está oito pontos atrás do primeiro colocado e com três vitórias, vamos encostar." Ele confia também no trabalho que será realizado a partir da semana que vem em Atibaia, um temporada intermediária de dez dias. Desde que assumiu o comando do Santos, o treinador ainda não conseguiu melhor rendimento de seus jogadores, que vinha caindo desde os tempos de Leão. O time disputou quatro partidas sob a orientação de Luxemburgo, venceu uma, perder duas e empatou uma. Mas dois resultados foram considerados desastrosos pelos torcedores: a goleada por 4 a 0 imposta pelo Palmeiras em plena Vila Belmiro e a derrota para o Once Caldas, que acabou com o sonho da conquista da Libertadores. Ricardinho treinou nesta sexta-feira pela manhã e à noite seguiu para Belo Horizonte. Como não está inscrito na Libertadores e foi poupado no clássico de domingo contra o Palmeiras por prudência, pois sua documentação ainda não estava completamente certa, o jogador ficou em Santos esta semana, treinando junto com os companheiros que não viajaram para a Colômbia. Ricardinho passou todos esses dias sem conceder entrevista aos jornalistas, justificando-se por intermédio da assessoria de imprensa por não ter o que falar. Prometeu atender a imprensa na semana que vem. Léo também evitou a imprensa nesta sexta-feira. Ele chegou mancando ao CT Rei Pelé por causa de uma unha encravada e logo foi levado ao departamento médico por Carlos Braga. No caminho, confirmou que jogará domingo em Belo Horizonte. Viajaram também para Belo Horizonte os zagueiros Narciso e Domingos. Um deles irá substituir Pereira, que cumpre suspensão automática pela expulsão no clássico de domingo contra o Palmeiras. Luxemburgo ainda não confirmou a escalação, mas é provável que opte por Narciso, permanecendo o jovem Domingos, de 18 anos, no banco de reservas. Ele foi promovido ao time principal este ano, depois de um bom trabalho na equipe de juniores.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.