Santos deverá ter Elano contra o Paulista

O confronto de quarta-feira com o Paulista, em Jundiaí, deve marcar o retorno de Elano à equipe titular do Santos. Na vitória sobre o Marília, sábado passado, o meia entrou no início do segundo tempo, teve boa atuação, fez o cruzamento para Renato marcar o terceiro gol e não sentiu a lesão no tornozelo esquerdo que o afastou do time durante duas semanas. O jogador deve voltar no lugar do atacante Basílio, o que alteraria o esquema tático do 4-3-3 para 4-4-2, usado antes de Elano se machucar. "Sei que o Elano é um jogador muito importante para o grupo. O ?professor? é quem vai decidir, mas vou continuar lutando para ajudar o time", afirmou Basílio, demonstrando que já está conformado em voltar para a reserva. "Contra o Marília, acho que tive uma apresentação muito boa. Mas faltou o gol, que é primordial para o atacante", lamentou. A volta de Elano pode ocorrer também no lugar de Robgol, alternativa menos provável. Líder do Grupo 2 do Campeonato Paulista, com 17 pontos, o Santos se reapresenta amanhã à tarde no CT Rei Pelé e inicia a preparação para o jogo com o vice-líder Paulista, 16 pontos. O técnico Emerson Leão só deve definir a equipe após o treino de terça-feira. Além de Elano, o treinador pode receber outro reforço: o zagueiro Alex, que ficou fora da partida contra o Marília por causa de uma lesão no joelho. Doni recebe apoio - Após a vitória sobre o Marília, o presidente santista Marcelo Teixeira saiu em defesa de Doni. O goleiro foi muito vaiado pela torcida, que várias vezes pediu a entrada do reserva Júlio Sérgio. "Da nossa parte, temos que dar apoio ao profissional que está vestindo a camisa do Santos. Agora, cabe a ele demonstrar a competência e o poder de mostrar para a torcida que pode ser o titular do Santos", disse Marcelo Teixeira. Além do presidente, o técnico Emerson Leão e os jogadores santistas também defenderam o goleiro. "O Doni tem que reverter essa situação e a gente vai ajudá-lo também. Como o ?professor? já falou, ele tem nível para alcançar a Seleção", elogiou o capitão Renato.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.