Evelson de Freitas/AE - 18/02/2011
Evelson de Freitas/AE - 18/02/2011

Santos diz não ter negociado prioridade de Neymar ao Barcelona

Em nota oficial, clube desmente imprensa espanhola, que citou pagamento de R$ 24 milhões em negócio

estadão.com.br

21 de dezembro de 2011 | 18h55

SANTOS - O Santos negou, em nota publicada em seu site oficial, que tenha vendido ao Barcelona, por 10 milhões de euros (R$ 24 milhões), a prioridade para que o clube catalão contrate Neymar no futuro. Segundo o time da Baixada Santista, as informações divulgadas são "infundadas inverídicos e fantasiosos os comentários de que o Barcelona, da Espanha, teria garantido prioridade no caso de uma eventual venda futura dos direitos do atleta Neymar Junior, e que para isso teria realizado um pagamento pelo suposto privilégio."

O Santos reitera que o atacante, considerado a maior revelação do futebol mundial, vai ficar na Vila Belmiro até a Copa do Mundo de 2014, no Brasil. A nota também afirma que "por este contrato, sua relação se dará única e exclusivamente com o Santos FC, sem qualquer direito de preferência para outros clubes interessados em seu futebol."

Na manha desta quarta-feira, o jornal espanhol Mundo Deportivo publicou matéria informando sobre o negócio envolvendo Santos e Barcelona para uma prioridade de negociação dos direitos de Neymar. O periódico afirma que no acordo estabelecido entre os times que disputaram a final do Mundial de Clubes deste ano, o Santos teria que pagar 20 milhões de euros (R$ 48 milhões), caso negocie Neymar com outra equipe.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolneymarsantos fcbarcelona

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.