Alberto Saiz/AP
Alberto Saiz/AP

Santos diz que já atendeu pedidos da Justiça sobre Neymar

Clube solta comunicado informando que já enviou para Espanha todos os documentos requisitados

Sanches Filho, O Estado de S. Paulo

13 de março de 2014 | 20h32

SANTOS - O Santos divulgou nota oficial ontem à noite em que afirma ter atendido todos os pedidos que recebeu da Justiça Brasileira ou espanhola sobre a transferência de Neymar para o Barcelona, no fim de maio do ano passado. Por meio da assessoria de comunicação, o clube esclarece que todos os documentos solicitados sobre a negociação foram encaminhados à Procuradoria Geral da Republica e se coloca à disposição da Justiça da Espanha se for necessário enviar mais documentos.

Esta é a integra da nota de esclarecimento do Santos:

"O Santos FC gostaria de esclarecer atendeu em sua plenitude tudo o que lhe foi solicitado pela Justiça Brasileira ou Espanhola no caso NN e Barcelona. Em 05 de fevereiro o presidente do Santos FC, Odílio Rodrigues, recebeu do Ministério Público Federal, Gabinete do Procurador-Geral da República, Secretaria de Cooperação Jurídica Internacional, por meio do ofício nº297/2014/AJ/SCI/PGR, com data de 31 de janeiro de 2014, um requerimento de " remessa à Secretaria de Cooperação Jurídica Internacional do Ministério Público Federal dos documentos relativos à contratação e à transferência ao Futbol Club Barcelona do jogador Neymar da Silva Júnior, incluindo-se ai os documentos submetidos à CBF, relativamente aquele jogador", conforme cópia do documento anexo.

Dois dias após receber esse documento, no dia 07 de fevereiro de 2014, o Santos FC, conforme documento anexo, respondeu: "Em resposta e cumprimento à solicitação do ofício 297/2014/AJ/SCI/PGR, remetemos os documentos relativos à contratação e à transferência ao Futbol Club Barcelona do jogador Neymar da Silva Júnior, conforme segue relação abaixo e documentos anexos:

1) - Contrato de transferência de direitos federativos de jogador profissional de futebol;

2) - Carta de compromisso entre Santos FC e FC Barcelona, referente atleta Neymar da Silva Santos Júnior;

3) - Resumo da transferência TMS/FIFA."

Desta forma, o Santos FC encaminhou à Procuradoria Geral da República todos os documentos que lhe foram solicitados. Caso a Justiça espanhola necessitar de mais algum documento, o Clube está à inteira disposição para atender essa solicitação e se compromete a fazê-lo com a máxima brevidade".

POLÊMICA

Segundo o jornal Marca, da Espanha, o juiz da Audiencia Nacional da Espanha Pablo Ruz cobrou o Santos pelo não envio de uma cópia do contrato que o jogador tinha com o clube brasileiro e que tinha validade até 2014.Ele também aguardaria uma carta de Sandro Rosell, presidente do Barcelona na época da transação, dirigida a Odílio Rodrigues, presidente do Santos. De acordo com a Justiça da Espanha, a carta, datada de 19 de julho de 2013, explica as cifras da operação.

Tudo o que sabemos sobre:
Santos fcFutebolNeymarFc Barcelona

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.