Santos diz que não ouvirá mais propostas por Ganso

O Santos divulgou uma nota oficial na noite desta sexta-feira para avisar que não ouvirá mais propostas pelo meia Paulo Henrique Ganso. Segundo a diretoria santista, a única chance de o jogador ser negociado agora com o São Paulo é com "o pagamento integral da multa" contratual.

AE, Agência Estado

25 de agosto de 2012 | 01h02

O São Paulo fez uma proposta oficial para contratar Ganso na última terça-feira, no valor de R$ 10,7 milhões, que foi imediatamente recusada pelo Santos. Nesta sexta, a diretoria santista diz que só concordou em receber a oferta pela "elegância que rege o relacionamento entre os clubes".

Na mesma nota, o Santos reforça o que seu presidente, Luis Alvaro de Oliveira Ribeiro, já vinha dizendo nos últimos dias, ao ressaltar que Ganso "não está à venda". O clube lembra ainda que o jogador tem contrato até 2015 - a parte santista na multa rescisória seria de R$ 23 milhões.

A diretoria santista aproveita a nota oficial para "lamentar" uma recente declaração de Ganso, que disse que seria "um prazer" jogar pelo São Paulo. Mas o Santos diz ter "convicção de que o jogador continuará cumprindo o seu contrato com o talento e o profissionalismo que sempre demonstrou".

Tudo o que sabemos sobre:
futebolSantos FCGanso

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.