Ivan Storti/Santos FC
Ivan Storti/Santos FC

Santos diz que resultados positivos de testes para covid-19 saíram após jogo

Clube confirma ainda que providenciou um avião sanitário, com a adoção de cuidados especiais, para que o goleiro John e o zagueiro Wagner Leonardo façam seu retorno ao Brasil

Redação, O Estado de S.Paulo

08 de janeiro de 2021 | 23h38

O Santos afirmou, em nota oficial, que providenciou um avião sanitário, com a adoção de cuidados especiais, para que o goleiro John e o zagueiro Wagner Leonardo façam seu retorno ao Brasil após testarem positivo para o coronavírus na Argentina, onde a equipe enfrentou o Boca Juniors, pelas semifinais da Copa Libertadores. O clube assegurou ainda que os resultados positivos só foram revelados após o confronto, nos exames exigidos para a saída do país. 

"Com o resultado, o Clube seguiu todos os protocolos sanitários exigidos e os dois jogadores ficaram impossibilitados de retornar com a delegação. A diretoria, por sua vez, iniciou tratativas para a volta ao Brasil, uma vez que o Governo da Argentina não libera a viagem de pessoas que testam positivo. O Santos FC deu toda a assistência aos atletas durante o período que permaneceram na Argentina e agora eles estão regressando em avião sanitário, contratado pelo Clube santista, ainda nesta sexta-feira", explicou. 

De acordo com o Santos, os testes feitos por John e Wagner antes da viagem à Argentina deram negativo. E só nos resultados dos exames seguintes, realizados em Buenos Aires, apontaram a contaminação. Mas os diagnósticos só foram disponibilizados horas depois do jogo no Estádio La Bombonera. 

"O Santos Futebol Clube informa que o goleiro John e zagueiro Wagner testaram positivo para o Covid-19, no exame obrigatório de regresso da Argentina. O resultado foi disponibilizado por volta da meia-noite de quarta para quinta-feira, após a realização da partida. Os dois atletas haviam testado negativo no exame feito pelo Hospital Albert Einstein, exigido pela Conmebol para o embarque a Buenos Aires", afirmou o clube. 

Assim, o Santos garante ter cumprido os protocolos médicos exigidos pela Conmebol. Após a revelação dos casos de coronavírus, o Boca Juniors cogitou acionar a confederação em busca de esclarecimentos sobre os procedimentos adotados pelo clube adversário. 

"O Santos FC está tranquilo por ter seguido todos os protocolos e está totalmente concentrado e focado nos próximos compromissos contra São Paulo e Boca Juniors', afirmou José Renato Quaresma, membro do Comitê de Gestão do Santos e responsável pelo futebol.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.