Mowa Press/AE
Mowa Press/AE

Santos dos sonhos quer iniciar reação em Florianópolis

Contra o Figueirense, time tenta sua primeira vitória fora de casa. Para isso, Muricy conta até com a chegada de Neymar

SANCHES FILHO, Agência Estado

16 de agosto de 2012 | 08h49

SANTOS - O Santos ainda não ganhou e nem marcou gol como visitante no Campeonato Brasileiro, mas acredita que a história vai começar a mudar nesta quinta-feira, às 21 horas, no estádio Orlando Scarpelli, em Florianópolis. É que além de enfrentar o Figueirense (soma apenas 11 pontos), o segundo pior time da competição, é provável que o técnico Muricy Ramalho conte pela primeira com o esboço do Santos dos sonhos, reunindo Neymar, Paulo Henrique Ganso, André, Patito Rodríguez e Arouca do meio para frente.

Como ainda dependia da chegada de Neymar (participou da vitória do Brasil no amistoso contra a Suécia, nesta quarta, em Estocolmo) à capital catarinense, durante a madrugada desta quinta, o técnico deixou para anunciar a formação da equipe minutos antes do jogo.

Mas, se do meio para frente Muricy Ramalho tem motivos para comemorar, a defesa inteira será de reservas, à exceção de Bruno Peres, que se firmou na direita em razão das lesões de Fucile e Galhardo. Estão fora o capitão Edu Dracena (operou o joelho e só retorna em 2013), Durval (sente dores no tornozelo direito) e Léo (desgastado fisicamente, vai passar por um período de preparação especial).

Outros desfalques são o volante Henrique, que se recupera de dores púbis, e Felipe Anderson, suspenso pelo terceiro cartão amarelo. Mas as ausências no meio de campo não preocupam porque Paulo Henrique Ganso está de volta e é o dono da camisa 10. Para a função de segundo volante, Muricy Ramalho deve confirmar Patito. A sua outra opção para a posição é o garoto Leandrinho, que jogou bem contra o Cruzeiro e no primeiro tempo diante do Atlético Goianiense.

Muricy Ramalho não tinha a certeza de que Paulo Henrique Ganso retornaria em boas condições físicas da seleção brasileira que participou da Olimpíada, mas bastaram os treinos da semana para que a dúvida fosse desfeita. O meia se movimentou bem e demonstrou disposição nos treinos de terça e desta quarta. No clube todos apostam que, depois de ter sido preterido por Mano Menezes na seleção olímpica, o jogador vai querer mostrar que superou os problemas físicos e que está pronto para voltar a jogar em alto nível, sonhando em despertar o interesse de grandes clubes europeus.

O Santos é o 14.º colocado, com 17 pontos, com saldo negativo de quatro gols (marcou 15 e sofreu 19) e aproveitamento de apenas 35,4%, mas projeta fechar o turno no bloco dos dez mais bem classificados do Brasileirão. A esperança de Muricy Ramalho é de que o time inicie uma arrancada para ter possibilidade de ainda brigar pelo título ou pelo menos obter a vaga para a Copa Libertadores da 2013.

 

FIGUEIRENSE - Wilson, Léo, Fred, Anderson C., Guilherme Santos, Túlio, Jackson, Claudinei, Fernandes, Aloísio e Caio. Técnico: Hélio dos Anjos.

SANTOS - Aranha, Bruno Peres, Bruno Rodrigo, David Braz, Juan, Adriano, Arouca, Patito Rodríguez, Ganso, Miralles (Neymar) e André. Técnico: Muricy Ramalho.

Árbitro - Emerson de Almeida Ferreira (MG); Horário - 21h; TV - SporTV; Local - Estádio Orlando Scarpelli, em Florianópolis (SC).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.