Ivan Storti/Santos FC e Cesar Greco/Ag. Palmeiras
Ivan Storti/Santos FC e Cesar Greco/Ag. Palmeiras

Santos e Palmeiras usam clássico para buscar confiança no Brasileiro

Após superarem momentos ruins, clubes se apoiam em vitória sobre rival para consolidar reação na tabela

Ciro Campos, O Estado de S. Paulo

14 de junho de 2017 | 07h00

Dois rivais em busca de iniciar uma nova história no Campeonato Brasileiro se enfrentam nesta quarta-feira, às 21h45, na Vila Belmiro. Santos e Palmeiras confiam no resultado positivo do clássico para superarem crises recentes e dar confiança à sequência de ambos, que disputam no próximo mês as oitavas de final da Copa Libertadores.

A expectativa maior é do lado alvinegro, pois o jogo marca a estreia do técnico Levir Culpi. Depois de duas partidas vencidas pelo interino Elano, o novo treinador substitui Dorival Junior e tem a responsabilidade de, logo no primeiro jogo, conduzir o Santos a ganhar o primeiro clássico do ano.

"Carregamos esse peso. Temos mais uma oportunidade para acabar com essa escrita negativa. Estamos incomodados e queremos tirar isso da nossa frente", disse o atacante Kayke, substituto de Ricardo Oliveira, desfalque da partida por lesão.

Levir fechou o último treino da equipe. A principal dúvida é na lateral-direita, setor em que o titular Victor Ferraz está gripado e pode dar lugar para Matheus Ribeiro. O atacante Bruno Henrique foi poupado das atividades por estar com cansaço muscular. Copete pode ser o seu substituto.

O Santos trocou de treinador após perder por duas rodadas seguidas. Agora, com o novo técnico, vê a chance de chegar à terceira vitória consecutiva e ainda se aproximar do bloco dos líderes do Brasileirão. O desafio para o Palmeiras é maior, por se tratar de uma nova oportunidade de jogar como visitante neste Nacional e somar pontos. O clube não ganha na Vila Belmiro pela competição desde outubro de 2009.

O técnico Cuca viveu momentos de pressão semelhantes aos encarados pelo Santos. Foram quatro rodadas sem ganhar e sem gols marcados, até a vitória sobre o Fluminense por 3 a 1, no último sábado, no Allianz Parque, para amenizar a crise. "A gente começou fora de casa com um aproveitamento muito ruim. Isso é importante para quem quer ser campeão. A nossa preocupação é não ficar longe dos primeiros colocados da competição", afirmou ontem o goleiro Fernando Prass.

A formação deve ser parecida à usada na última rodada, ainda sem contar Dudu, machucado. Mina e Borja jogaram ontem amistoso pela seleção colombiana e são desfalques.

MERCADO

O Palmeiras deixou encaminhada a negociação com o Palermo para contratar o volante Bruno Henrique, ex-Corinthians e atualmente na Itália. O clube quer concretizar a vinda do reforço nos próximos dias por cerca de R$ 11 milhões. O contrato será por quatro temporadas.

FICHA TÉCNICA

SANTOS X PALMEIRAS

SANTOS: Vanderlei; Victor Ferraz (Matheus Ribeiro), Lucas Veríssimo, David Braz e Jean Mota; Renato, Thiago Maia e Lucas Lima; Vitor Bueno, Bruno Henrique (Copete) e Kayke. Técnico: Levir Culpi.

PALMEIRAS: Fernando Prass; Fabiano (Mayke), Edu Dracena, Juninho e Zé Roberto; Thiago Santos e Tchê Tchê; Guerra, Keno e Róger Guedes; Willian. Técnico: Cuca.

Juiz: Wilton Pereira Sampaio (GO). 

Local: Vila Belmiro, em Santos

Horário: 21h45.  

Na TV: Globo e Pay-per-view.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.