Santos elogia Once Caldas e prevê dificuldades na quarta pela Libertadores

Jogadores mostram respeito ao time que eliminou o Cruzeiro, então melhor equipe da competição

AE, Agência Estado

09 de maio de 2011 | 15h04

SANTOS - O Santos embarcou nesta segunda-feira para a Colômbia, onde enfrentará o Once Caldas, quarta-feira, em Manizales, no Estádio Palogrande, pelas quartas de final da Libertadores. E o discurso dos jogadores foi de respeito ao adversário, que surpreendeu nas oitavas de final ao eliminar o Cruzeiro com uma vitória por 2 a 0 em Sete Lagoas após perder em casa por 2 a 1.

"Temos o exemplo do Once Caldas contra o Cruzeiro. Não tem jogo mole. Independentemente de que eles se classificaram com apenas uma vitória na primeira fase, a gente sabe da força que eles têm lá na Colômbia. Esperamos um jogo duro", disse o meia Alan Patrick, provável substituto de Paulo Henrique Ganso, que sofreu lesão muscular na coxa direita e ficará seis semanas afastado dos gramados.

O atacante Zé Eduardo também lembrou a eliminação do Cruzeiro e previu um jogo difícil, mas prometeu que o Santos buscará a vitória. "O Once Caldas tem o mérito de ter tirado o Cruzeiro, que foi o melhor time da primeira fase. No futebol de hoje em dia não tem vencedor antes da partida. Temos que respeitar o adversário, mas vamos buscar de um bom resultado", afirmou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.