Santos em concentração máxima

O Santos entrou hoje em regime de concentração máxima para o jogo do dia 12, contra o equatoriano El Nacional, em Quito. Liderando seu grupo na Libertadores da América, o time da Vila Belmiro pretende uma nova vitória para ficar mais próximo da classificação para a nova fase. A equipe treina desde hoje em Extrema, onde fica até segunda-feira, data em que viaja para o Equador. Os jogadores gostaram do esquema de concentração, lembrando que ele foi fundamental para a conquista do Brasileiro no ano passado. "É muito bom porque une o grupo, a gente conversa mais e só pensa no jogo", disse o meia Diego. Elano concorda: "dá para a gente colocar a cabeça só na Libertadores e refletir mais sobre a partida". Ele sabe que a vitória pode fazer com que o Santos consiga a classificação mais rapidamente. "É esse o nosso objetivo e precisamos impor nosso ritmo, independente do problema da altitude e da qualidade do adversário". O atacante Robinho lembra que a Libertadores é a única competição que o Santos está disputando. "Ela é muito importante para o clube e para todo o grupo de jogadores e vamos nos concentrar ao máximo nesse torneio para conseguirmos o título", disse ele. O lateral-esquerdo Léo também acha importante concentrar fora da cidade para essa partida. "Nas outras vezes, deu certo e o time reagrupou sua força nos momentos decisivos do Brasileiro do ano passado". Para ele, o resultado foi a conquista do campeonato. "Sabemos que uma vitória agora facilita nosso trabalho lá na frente e vamos buscar esses três pontos".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.