Edson Ruiz/Estadão
Edson Ruiz/Estadão

Santos empata com Bahia e segue em situação difícil

Apesar de ter subido duas posições, time paulista continua próximo da zona de rebaixamento

GABRIEL MELLONI, Agência Estado

18 de agosto de 2013 | 20h33

SALVADOR - Não foi neste domingo que o Santos reencontrou o caminho da vitória. Em Salvador, a equipe de Claudinei Oliveira voltou a jogar mal, viu o Bahia ser superior em boa parte dos 90 minutos e pode se dar por satisfeita pelo resultado de 0 a 0. O quarto empate consecutivo dos paulistas no Campeonato Brasileiro aconteceu na Arena Fonte Nova, pela 15.ª rodada.

O Santos já havia ficado no empate contra Corinthians, Cruzeiro e Vasco e o resultado deste domingo deixa a equipe perigosamente próxima da zona de rebaixamento, com 16 pontos, na 15.ª posição. O Criciúma, 17.º, que hoje estaria rebaixado, tem 14 pontos.

Agora o Santos volta suas atenções para a Copa do Brasil, na qual enfrenta o Grêmio, quarta-feira, pelas oitavas de final. Já o Bahia, décimo colocado no Campeonato Brasileiro, entrará na disputa da Copa Sul-Americana, pela qual pega a Portuguesa na quinta-feira, no Canindé.

O JOGO

O Bahia começou assustando o Santos logo aos quatro minutos com o volante Hélder, que bateu da entrada da área e exigiu grande defesa de Aranha. Mas após o ímpeto inicial o jogo ficou lento. O time da casa até criava mais e ficava com a bola, mas a marcação adversária impedia as chances.

O primeiro lance de maior perigo santista aconteceu somente aos 27 minutos, e em finalização de longe. Com poucos espaços para jogar, Willian José decidiu arriscar de fora da área. O chute foi forte e Marcelo Lomba se atrapalhou na defesa, mas conseguiu dominar a bola e impedir o gol.

Mas a melhor chance da primeira etapa seria do Bahia. Aos 39 minutos, Madson deu cruzamento da direita na cabeça de Wallyson, que cabeceou no canto direito e exigiu boa defesa de Aranha. O rebote ficou com o próprio atacante, que bateu para fora. No entanto, as duas equipes deixaram o campo no intervalo cientes de que teriam que melhorar muito para buscar a vitória.

Mas o que se viu no início do segundo tempo foi uma repetição do que havia acontecido na etapa inicial. O Bahia seguia dono da posse de bola, mas não conseguia furar o bloqueio do Santos, que por sua vez se fechava cada vez mais e apostava no contra-ataque, que não conseguia encaixar.

Com isso, as oportunidades só poderiam ser criadas em jogadas de bola parada ou em chutes de longe. Aos 12 minutos, Marquinhos Gabriel cobrou escanteio da direita, a bola foi desviada na primeira trave e sobrou para Titi, que não teve reflexo suficiente pra finalizar bem e jogou por cima.

O lance empolgou o Bahia que passou a pressionar mais. Aos 18 minutos, Raul cruzou para Rafael Miranda, que tentou dominar e perdeu o ângulo, facilitando a defesa para Aranha. A resposta do Santos veio com Thiago Ribeiro. Pouco depois de entrar na vaga de Willian José, ele recebeu de Cícero pela esquerda, cortou para o meio e bateu na trave.

O Bahia não ficaria atrás e também acertaria a trave aos 28 minutos. Raul arriscou de fora da área e quase marcou. Aranha ainda desviou antes que ela explodisse no poste. Já aos 45, o Santos teve o último grande momento da partida. Marcos Assunção cobrou escanteio da direita, Alan Santos subiu sozinho e cabeceou para o chão, mas a bola quicou e foi por cima do gol.

FICHA TÉCNICA

BAHIA 0 X 0 SANTOS

BAHIA - Marcelo Lomba; Madson, Lucas Fonseca, Titi e Raul; Rafael Miranda, Fahel, Hélder e Marquinhos Gabriel (William Barbio); Wallyson (Anderson Talisca) e Fernandão. Técnico: Cristóvão Borges.

SANTOS - Aranha; Cicinho, Edu Dracena, Durval e Eugenio Mena; Alison (Alan Santos), Marcos Assunção, Cícero, Léo Cittadini (Leandrinho) e Montillo; Willian José (Thiago Ribeiro). Técnico: Claudinei Oliveira.

CARTÕES AMARELOS - Raul, Titi (Santos); Cicinho, Mena (Santos).

CARTÃO VERMELHO - Titi (Bahia).

ÁRBITRO - Dewson Fernando Freitas da Silva (PA).

RENDA E PÚBLICO - Não disponíveis.

LOCAL - Estádio da Fonte Nova, em Salvador (BA).

Tudo o que sabemos sobre:
futebolBrasileirãoSantos FCBahia

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.