Ivan Storti / Santos FC
Ivan Storti / Santos FC

Santos encara Atlético-PR e tenta superar trauma da queda na Libertadores

Três dias após ser eliminado pelo Barcelona do Equador, equipe de Levir Culpi entra em campo pelo Brasileirão

O Estado de S.Paulo

23 de setembro de 2017 | 07h00

O jogo contra o Atlético Paranaense, neste sábado, às 21 horas, na Vila Belmiro, pela 25.ª rodada do Campeonato Brasileiro, é visto pelo Santos como uma chance para o grupo superar o trauma pela derrota para o Barcelona, de Guayaquil, que resultou na eliminação na Copa Libertadores nas quartas de final do torneio.

O técnico Levir Culpi reuniu os jogadores, nesta sexta, no CT Rei Pelé, em Santos na tentativa de motivá-los para o restante da temporada. Agora, o Brasileirão é o único objetivo do clube. A equipe ocupa a terceira posição na tabela, com 41 pontos, bem distante do líder Corinthians, que tem 53, mas em situação confortável para garantir uma vaga na próxima edição da Libertadores.

Leia Também

Página do Santos

O lateral-direito Victor Ferraz (lombalgia), o volante Renato (edema no tornozelo direito e lesão na coxa direita) e o meia Lucas Lima (lesão na coxa direita) são ausências certas para o duelo contra o time paranaense. Os três também desfalcaram o Santos no jogo contra o Barcelona. Mas Levir Culpi procurou valorizar a qualidade do elenco para a sequência do Nacional.

     

"Se você considerar o Victor, o Renato e o Lucas, são três titulares de qualquer time da Libertadores. Os três que entram não tem o mesmo ritmo e o mesmo estilo dos outros. Mas não quero me ancorar nisso. O elenco do Santos é muito bom. O que nós não temos é o time altamente refinado e dirigido. A gente já tem uma base, mas essa base ficou meio quebrada. Tenho confiança no elenco. Os substitutos podem dar conta e deixar o time equilibrado no campeonato", analisou o técnico, que também não contará com Leandro Donizete (suspenso), contra o Atlético Paranaense.

Para o lugar de Lucas Lima, o treinador santista deverá escalar o argentino Emiliano Vecchio. O meio-campista Jean Mota irá suprir a ausência de Renato. Já a lateral direita será ocupada por Daniel Guedes, que atuou como titular contra os equatorianos.

Mas, mesmo uma vitória sobre os paranaenses não será garantia de tranquilidade no ambiente santista até o fim do ano. Pelo menos foi o que sinalizou Levir Culpi ao comentar, durante a entrevista coletiva desta sexta, os planos da comissão técnica para a próxima temporada.

"Uma coisa que eu aprendi a conservar: não dar opiniões antecipadamente. Dois jogos mudam o rumo de um técnico também. Não tenho mais essa ambição de deixar alguma coisa preparada para janeiro. De setembro a janeiro, é mais ou menos como Brasil e Japão dentro dos times de futebol", concluiu o comandante alvinegro.

FICHA TÉCNICA

SANTOS X ATLÉTICO-PR

SANTOS: Vanderlei; Daniel Guedes, Lucas Veríssimo, David Braz e Zeca; Alison, Vecchio e Jean Mota; Copete, Ricardo Oliveira e Bruno Henrique. Técnico: Levir Culpi

ATLÉTICO-PR: Weverton; Jonathan, Paulo André, Wanderson e Fabrício; Pavez, Lucho González (Rossetto), Nikão, Guilherme e Felipe Gedoz; Ribamar. Técnico: Fabiano Soares.

Juiz: Ricardo Marques Ribeiro (MG)

Horário: 21 horas

Local: Vila Belmiro, em Santos (SP)

TV: Pay-per-view

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.