Santos encara Botafogo com 3 atacantes

Com a pose de líder do Campeonato Brasileiro, o Santos não vai fazer por menos e enfrentará o Botafogo, nesta quarta-feira, em Niterói, com uma escalação ofensiva. O técnico Vanderlei Luxemburgo decidiu manter o time com três atacantes, Robinho, Deivid e Basílio. O jogo começará às 21h50 - a mudança no horário habitual se deve à exibição da propaganda eleitoral na TV - e será disputado no Caio Martins. "Vamos enfrentar um grande clube, que vai atuar em casa e terá o apoio da torcida. Temos de manter a seriedade e a tranqüilidade para não dar vez aos adversários que estão na disputa do título", disse Luxemburgo.No rápido treino tático realizado nesta quarta-feira à tarde, em Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense, no local em que Deivid iniciou sua carreira, Luxemburgo deixou clara a única dúvida para formar a equipe: Elano ou Preto Casagrande. Ele iniciou a atividade com o primeiro e exigiu bastante da equipe na marcação. Os três atacantes vão ter de dificultar ao máximo a saída de bola do Botafogo. Robinho está encarregado de se aproximar bastante do lateral Ruy. Enquanto Basílio fechará os espaços do lateral-esquerdo Jorginho Paulista. Deivid ocupará mais o meio, para atrapalhar os zagueiros.Com a bola nos pés, os atacantes vão ter o apoio dos laterais, mais notadamente de Léo, e de Ricardinho, com a missão de organizar os contra-ataques. A mudança de treinador no Botafogo pode ser um fator negativo para o Santos, de acordo com análise de Luxemburgo. Ele, no entanto, não descartou a hipótese de a alteração se virar contra o próprio clube carioca. "Não sei exatamente o que está acontecendo com o Botafogo, mas, às vezes, a saída de um treinador querido pelos atletas pode também ter repercussão ruim na equipe." O técnico do Santos voltou a dizer que um empate fora de casa deixou de ser bom resultado no atual modelo do Campeonato Brasileiro. "Para quem disputa título, só a vitória interessa." Ele manifestou seu contentamento com o trabalho no Santos, mesmo depois dos últimos desfalques - a saída de Renato, Diego, Paulo Almeida e Alex. "O time do Santos está sendo remontado no meio da competição. Assim, as dificuldades aumentam."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.