Arquivo/AE
Arquivo/AE

Santos encara o Cruzeiro com a necessidade de vencer

'É jogo difícil, mas podemos ganhar', diz Luxemburgo, que mexe no time para a partida das 18h30 no Mineirão

Sanches Filho, Agência Estado

16 de agosto de 2009 | 08h57

O Santos precisa da vitória contra o Cruzeiro, neste domingo, às 18h30 (ao vivo aqui no estadao.com.br e na rádio Eldorado/ESPN - AM 700/FM 107,3), no Mineirão, para aumentar as possibilidades de classificação para a Copa Libertadores de 2010 e salvar o ano. Será o primeiro dos cinco jogos difíceis que o time terá pela frente até o fim do mês e que poderão decidir como será o restante de 2009 para os santistas.

Veja também:

especialMASCOTES - Baixe o papel de parede do seu time

especialVisite o canal especial do Brasileirão

Brasileirão 2009 - lista Tabela | tabela Classificação

especialDê seu palpite no Bolão Vip do Limão

O time vem de mais um tropeço na Vila Belmiro, ao empatar com o Avaí depois de estar ganhando por 2 a 0, e o técnico Vanderlei Luxemburgo adiantou que George Lucas, repatriado do futebol espanhol, estreia na lateral direita. Como Léo, recuperando-se de contratura muscular na coxa esquerda, nem viajou para Minas Gerais, Pará, que vinha atuando na direita, será o lateral-esquerdo.

 CRUZEIRO
Fábio; Jonathan, Leonardo Silva, Thiago Heleno e Diego Renan; Fabinho, Fabrício, Marquinhos Paraná e Gilberto; Kléber e Wellington Paulista
Técnico: Adílson Batista
 SANTOS
Douglas; George Lucas, Fabão, Eli Sabiá e Pará; Rodrigo Mancha, Germano, Rodrigo Souto e Paulo Henrique; Madson e Kléber Pereira
Técnico: Vanderlei Luxemburgo
Árbitro: Marcelo de Lima Henrique (RJ)

Estádio: Mineirão, em Belo Horizonte (MG)

Horário: 18h30

Internet: estadao.com.br

Rádio: Eldorado/ESPN - AM 700/FM 107,3

TV: SporTV

"É jogo difícil, mas podemos ganhar", afirmou Luxemburgo. Ele sabe que o Cruzeiro não é mais o mesmo depois da saída de Ramires e Wagner e da eliminação na Libertadores América. Enquanto isso, o Santos, mesmo em fase de transição em razão da troca de treinador, saída de titulares e chegada de reforços venceu os dois últimos jogos fora - diante do Náutico e do Coritiba.

Apesar do pouco tempo para orientar os jogadores em treinos técnicos e táticos, o Santos já tem um pouco da cara de Luxemburgo. O seu principal projeto é transformar Paulo Henrique Lima. Sua ideia é adiantar um pouco o meia para que ele tenha função semelhante à do meia Alex (ex-Palmeiras e atualmente no futebol turco) e Rivaldo. "Não estou comparando o garoto com os dois (Rivaldo e Alex), mas ele pode fazer uma função parecida com a deles", afirmou.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolCampeonato BrasileiroSantos FC

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.