Santos enfim consegue a primeira vitória no Paulistão

Com boa estréia de Tiago Luis e falha do goleiro do Bragantino, time da Vila Belmiro ganha por 2 a 0

27 de janeiro de 2008 | 20h12

E o Santos enfim venceu. Depois de três jogos e apenas um ponto, o time da Vila Belmiro conquistou neste domingo, em casa, a sua primeira vitória no Paulistão de 2008 ao bater o Bragantino por 2 a 0. O resultado só veio graças a grande atuação do estreante Tiago Luís no primeiro tempo e a uma falha incrível do goleiro Gléguer, no segundo, com gol que foi registrado para Ney Santos. Veja também: Classificação Últimos resultados / Próximos jogos Libertadores: adversário do Santos, Cúcuta fica sem técnico  Leão diz que realidade no Santos é dos jovens   Com o resultado, o Santos chegou a quatro pontos e deixou a zona de rebaixamento pela primeira vez no campeonato. Já o Bragantino, apesar da derrota, se manteve com seis pontos e segue próximo aos times que vão à segunda fase. Na próxima rodada, o Santos enfrenta o Grêmio Barueri, novamente na Vila Belmiro, na quinta-feira. Na véspera, o Bragantino recebe a líder Ponte Preta, no Marcelo Stefani.DOMÍNIO E INTRANQÜILIDADEO Santos dominou desde o principio, principalmente com Tiago Luís. Foi dos pés dele que saíram as principais jogadas ofensivas da equipe, sendo em conclusões do próprio camisa 7 ou servindo os companheiros. O primeiro gol do Santos não poderia ser diferente, foi marcado exatamente por Tiago Luis, aos 34. Kleber recebeu na esquerda e cruzou na medida para o jovem camisa 7 mergulhar e cabecear no contra pé do goleiro Gléguer.Apesar de estar perdendo, o Bragantino se manteve ligado no jogo e perdeu duas grandes chances de empatar a partida. Uma logo nos primeiros minutos do segundo tempo. Bill aproveitou vacilo da zaga santista e ficou cara a cara com Fábio Costa. Mas o atacante não teve a calma necessária e acabou chutando de muito longe e dando chance para o goleiro salvar o Santos. SANTOS 2 Fábio Costa; Anderson Salles    , Adailton e Betão; Filipi, Adriano, Rodrigo Souto, Rodrigo Tabata (Alex) e Kleber; Tiago Luís e Kléber Pereira (Renatinho) Técnico: Emerson Leão BRAGANTINO 0 Gléguer; Ney Santos    , Tiago Vieira e Da Silva    ; Niander (Rafael Aidar), César Gaúcho    , Moradei, Zeziel     e Anderson (Paulinho); Malaquias e Bill (Rafinha) Técnico: Marcelo Veiga Gols: Tiago Luis, aos 34 minutos do primeiro tempo; Ney Santos, aos 38 minutos do segundo tempo.Árbitro: Rodrigo Martins CintraRenda: R$ 61.430,00Público: 4.716 pagantesEstádio: Vila Belmiro, em Santos (SP)   A segunda aconteceu aos 26, curiosamente em uma jogada de contra-ataque. Depois de boa troca de passes entre Malaquias e Zeziel, a bola chegou na área para Anderson, que chegou batendo. Fábio Costa novamente salvou o Santos.   Se o Bragantino pareceu bem no jogo, apesar da derrota, o Santos nunca demonstrou tranqüilidade durante o jogo, mesmo após o gol de Tiago Luis, que sumiu no segundo tempo, e sempre teve a sua vitória ameaçada pelo Bragantino.   Apesar de intranqüilo, o Santos conseguiu chegar ao segundo gol, graças a uma grade ajuda do goleiro do Bragantino. Aos 38, Kleber bateu escanteio, o goleiro Gléguer tentou cortar, mas acabou desviando para o lado errado e a bola foi para o gol. Nem mesmo o zagueiro Ney Santos, que estava sobre a linha, conseguiu tirá-la - por causa deste toque o gol foi marcado para ele - e evitar o vexame do companheiro, que finalmente acabou com a aflição santista no ano.

Tudo o que sabemos sobre:
Paulistão A-1Santos FCBragantino

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.