Ricardo Saibun/Divulgação
Ricardo Saibun/Divulgação

Santos enfrenta a Ponte e faz as contas para entrar no G-4

Equipe tem de vencer e torcer contra rivais

O Estado de S.Paulo

13 de setembro de 2015 | 08h00

O que antes era apenas um sonho distante pode ser tornar realidade neste domingo. Uma vitória do Santos contra a Ponte Preta, no Moisés Lucarelli, a partir das 11h, combinada com tropeços de Flamengo, São Paulo e Atlético-PR, pode levar a equipe de Dorival Junior ao G-4 do Campeonato Brasileiro.

Estar na zona de classificação para a Libertadores era algo impensável na Vila Belmiro no início da competição. Sob o comando de Marcelo Fernandes, o time chegou a ficar quatro jogos sem vencer e caiu para a zona do rebaixamento. Com a chegada de Dorival Junior, a equipe entrou numa rota ascendente e soma oito vitórias, três empates e apenas uma derrota.

Para manter a boa fase, mesmo jogando fora de casa a equipe não vai mudar a postura ofensiva que notabilizou a boa campanha dos últimos meses. “No Brasileiro você não tem escolha. Não existem jogos fáceis. Todos são muito complicados. Estamos preparados novamente para um jogo difícil. Sabemos da dificuldade de jogar lá. Os jogos têm sido muito equilibrados e desgastantes”, disse Dorival Junior.

Ricardo Oliveira é o símbolo da nova fase vivida pelo Santos. O atacante marcou nas últimas cinco rodadas e é o artilheiro do campeonato, com 16 gols.

Neste domingo, o centroavante terá a volta de Lucas Lima para auxiliá-lo a manter as estatísticas positivas. Principal armador das jogadas da equipe, o meia retorna da seleção brasileira após três rodadas fora.

Com Lucas Lima o jogo do Santos ganha profundidade. Habilidoso e com visão de jogo privilegiada, o meia é preciso tanto nos passes curtos como nos lançamentos longos para os atacantes. A versatilidade do meia costuma pegar as defesas de surpresa. A má notícia é a ausência de Thiago Maia, suspenso, um dos destaque da equipe. Paulo Ricardo deve substituí-lo.

FICHA TÉCNICA

PONTE PRETA

Marcelo Lomba; Rodinei, Renato Chaves, Ferron e Gilson; Josimar, Fernando Bob, Bady e Felipe Azevedo; Biro Biro e Borges. Técnico: Doriva

SANTOS

Vanderlei; Victor Ferraz, David Braz, Gustavo Henrique e Zé Carlos; Paulo Ricardo, Renato, Lucas Lima e Marquinhos Gabriel; Gabriel e Ricardo Oliveira. Técnico: Dorival Junior

Juiz: Flavio Rodrigues de Souza

Local: Moisés Lucarelli, em Campinas

Horário: 11h

Transmissão: Pay-per-view


Tudo o que sabemos sobre:
FutebolSantos FCCampeonato Brasileiro

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.