Ivan Storti / Santos FC
Ivan Storti / Santos FC

Santos enfrenta o São Caetano na luta pela primeira vitória como mandante em 2018

Equipe está em segundo lugar no grupo, atrás do Botafogo de Ribeirão Preto

Estadão Conteúdo

14 de fevereiro de 2018 | 06h26

Depois de perder para o Bragantino no estádio da Vila Belmiro, em Santos, e empatar com o Ituano no estádio do Pacaembu, em São Paulo, o Santos busca a primeira vitória como mandante no Campeonato Paulista. O adversário nesta quarta-feira é o São Caetano, às 19h30, novamente na Vila Belmiro, pela sétima rodada.

+ Daniel Guedes admite incômodo com sequência sem vitórias do Santos no Paulistão

De volta ao Santos, Gabriel pede Vila Belmiro lotada no seu retorno ao estádio

O desempenho como mandante é reflexo da campanha irregular da equipe. O time perdeu a liderança do Grupo D para o Botafogo, de Ribeirão Preto (SP), que tem um ponto a mais (9 a 8). Em seis jogos, o time soma duas vitórias, duas derrotas e dois empates.

A partida desta quarta-feira marca o primeiro jogo do atacante Gabriel, o Gabigol, à Vila Belmiro desde o seu retorno ao clube. Na tentativa de lotar o estádio, a diretoria fez uma promoção nos preços dos ingressos, com entradas a partir de R$ 10 (normalmente custam R$ 20).

O trunfo do técnico Jair Ventura para bater o São Caetano é a versatilidade do ataque, que funcionou bem diante da Ferroviária, em Araraquara (SP). Eduardo Sasha, Arthur Gomes e o próprio Gabriel não tinham posição fixa.

Para Eduardo Sasha, a briga para ser titular está aberta. "A briga é com todos, por todos sermos versáteis. Jogo na direita, esquerda ou centralizado. É uma boa dor de cabeça para o treinador. Todos estão preparados para agarrar esta oportunidade", disse o atacante.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.