Ricardo Saibun/Divulgação
Ricardo Saibun/Divulgação

Sem Ricardo Oliveira, Santos enfrenta o XV de Piracicaba nesta terça

Atacante foi poupado enquanto Lucas Lima volta

Gonçalo Junior, O Estado de S.Paulo

15 de março de 2016 | 07h00

Para não ser prejudicado com a ausência de cinco titulares convocados para a seleção brasileira (Ricardo Oliveira e Lucas Lina na principal; Thiago Maia, Zeca e Gabriel, na olímpica), o Santos pediu à Federação Paulista de Futebol alterações na tabela do Campeonato Paulista e, por isso, enfrenta nesta terça-feira o XV de Piracicaba, às 19h30, no Barão de Serra Negra.

O grande desfalque será o atacante Ricardo Oliveira, poupado depois de sofrer com dores no joelho direito nos últimos jogos. Na partida contra o Red Bull, ele foi substituído no intervalo, fez uma semana de tratamento antes da partida contra o Corinthians, mas acabou atuando – ele fez os dois gols da vitória no clássico.

Desta vez, considerando o pouco tempo de recuperação desde a vitória contra o Água Santa, no sábado, o técnico Dorival Junior decidiu deixá-lo fora da partida. No lugar de Ricardo, o camaronês Joel deverá ser escalado. Também existe a chance de Paulinho atuar como atacante.

Por outro lado, o meia Lucas Lima, principal jogador da equipe, retorna depois de ter cumprido suspensão pelo terceiro cartão amarelo no jogo do Pacaembu. Depois da boa atuação e do gol marcado no Pacaembu, Longuine conquistou espaço e disputa com Serginho uma vaga no meio. Um dos dois terá a missão de auxiliar Lucas Lima na armação das jogadas. O volante Renato, que vai completar 300 jogos pelo clube, recebeu uma homenagem dos companheiros no CT Rei Pelé.

“É um orgulho completar 300 jogos com a camisa do Santos. É uma satisfação enorme defender o clube de coração. Quero encerrar minha carreira aqui e, é claro, deixar meu nome na história. Não adianta um jogador só passar pelo clube. Quero fazer história enquanto eu jogar aqui”, disse o volante.

A defesa terá a escalação dos últimos jogos – Gustavo Henrique e Lucas Veríssimo. David Braz está praticamente recuperação de uma lesão muscular, mas será relacionado apenas no jogo do final de semana, contra o Rio Claro, fora de casa. “Quero ser um ponto de interrogação para o técnico Dorival Junior. O David Braz é um jogador excelente, um dos líderes, mas quero buscar meu espaço”, diz o zagueiro Lucas Veríssimo.

Com quatro pontos de vantagem sobre o São Bento na ponta do grupo A, o técnico Dorival Junior diz que o time está começando a retomar as grandes atuações de 2015. A equipe santista tem a segunda melhor campanha na classificação geral, logo atrás do Corinthians.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.