Arquivo/AE
Arquivo/AE

Santos escala o que tem de melhor para vencer Barueri fora

Time da Vila Belmiro precisa bater o adversário para entrar na zona de classificação do Campeonato Paulista

Sanches Filho - Especial para O Estado de S.Paulo,

27 de março de 2009 | 23h18

SANTOS - Desta vez, o técnico Vágner Mancini não quis saber de treino secreto e nem de fazer mistério: o Santos mantém a formação da vitória contra o Santo André para enfrentar o Barueri, neste sábado, às 16h10, na Arena Barueri, pela 17.ª rodada do Campeonato Paulista. A partida terá acompanhamento online do estadao.com.br.

Veja também:

linkMancini aposta nos contra-ataques para Santos vencer

tabela Campeonato Paulista - Tabela e resultados

especial Dê seu palpite no Bolão Vip do Limão 

Neymar, que sofreu uma pequena fissura em um dos dedos do pé esquerdo, está escalado e será a maior atração do jogo. Para voltar ao G-4 na rodada de fim de semana, o time precisa ganhar neste sábado e torcer para a Portuguesa tropeçar diante do Marília, no domingo, no Canindé.

"Não há outra possibilidade de se chegar lá a não ser somando pelo menos seis pontos nos três jogos que nos restam. E os seis pontos terão que ser contra Barueri, que em caso de derrota deixa de lutar por vaga, e Portuguesa", analisou o treinador. Para ele, até Corinthians e São Paulo, tidos como virtualmente classificados, precisam tomar cuidado nas últimas três rodadas porque ainda correm riscos. "Esses próximos dias serão de sufoco total", avaliou.

Com pouco tempo para treinamentos, Mancini preocupou-se mais em trabalhar o emocional dos jogadores nos dois últimos dias. Os efeitos positivos da vitória sobre o Santo André na última quarta-feira por pouco não foram ofuscados pelo problema pessoal de Fábio Costa - teve o nome relacionado à Ana Cláudia Melo da Silva, morta com sete facadas supostamente pelo ex-marido -, mas o técnico agiu rapidamente, com uma longa preleção na quinta. E o fato foi isolado.

Barueri
Renê; Leanderson, Leandro Castán, João Leonardo e Márcio Careca; Ralf, Flávio, Éverton e Thiago Humberto; Basílio e Pedrão
Técnico: Estevam Soares
Santos
Fábio Costa; Luizinho, Fabão, Fabiano Eller e Triguinho; Roberto Brum, Rodrigo Souto, Madson e Paulo Henrique Lima; Kléber Pereira e Neymar
Técnico: Vágner Mancini
Árbitro: Rodrigo Guarizo Ferreira do Amaral

Estádio: Arena Barueri, em Barueri (SP)

Horário: 16h10

TV: Pay-per-view

"Mostramos que se trata de uma questão pessoal. Também falei ao grupo que não adianta pensarmos na Portuguesa antes de ganhar do Barueri. Com um resultado positivo, pelo menos dormiremos no G-4 e no dia seguinte assistiremos tranquilamente ao jogo da Portuguesa. Se quisermos atropelar, não vai dar certo", argumentou.

Depois da derrota para o Corinthians, Mancini chegou a temer que Neymar tivesse uma queda de produção. Imaginou que o garoto poderia levar um bom tempo para recuperar a confiança em seu futebol, mas, após a atuação da nova 'joia' santista diante do Santo André, ele ficou aliviado. E aposta pesado no garoto.

"Neymar já provou que é diferente e pode desequilibrar e mudar um jogo. Sempre que um time tem um jogador com tanto talento como o dele, deixa de ser previsível e dificulta a marcação do adversário", destacou.

Como o Barueri está com 26 pontos - quatro atrás do Santos -, Mancini acredita que o jogo deste sábado será aberto, o que vai exigir atenção especial de sua equipe. "O conjunto deles é bom, tanto que teve acessos seguidos nos últimos anos. É um time que tem força ofensiva nas duas alas, principalmente Márcio Careca, que atravessa uma boa fase. Flávio dá ritmo no meio e Pedrão é um artilheiro que precisa ser marcado de perto", elogiou o treinador santista.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.