Santos escalado para enfrentar o Ipatinga

Técnico Márcio Fernandes não poderá contar com o retorno do goleiro Fábio Costa

Sanches Filho, Especial para O Estado de S. Paulo

19 de agosto de 2008 | 08h36

O Santos viajou escalado para enfrentar o lanterna do Campeonato Brasileiro, o Ipatinga, na noite desta quarta-feira, em Minas. Com a suspensão de Michael, pelo terceiro cartão amarelo, o recém-contratado Bida vai estrear, para completar o meio-de-campo formado por Wendel, Roberto Brum e Kléber, e Lima será o substituto de Maikon Leite, que sofreu grave lesão no joelho direito e deve ficar afastado por aproximadamente um ano. Veja também: Bida é apresentado no Santos e deve jogar quarta-feiraFaça a sua aposta no Bolão Vip do Limão O Santos conseguirá evitar a queda para a Série B?O time para começar a partida desta quarta é Douglas; Dionísio, Domingos, Fabiano Eller e Carleto; Roberto Brum, Bida, Wendel e Kléber; Lima e Kléber Pereira.Depois da grave contusão de Maikon Leite e da suspensão de Michael, Márcio Fernandes teve mais uma notícia ruim ontem cedo. Fábio Costa vai ficar mais um mês fora, fazendo tratamento para se recuperar da lesão muscular na coxa esquerda. O médico Carlos Braga disse ontem que há uma chance de o prazo ser encurtado se der certo o método de recuperação a que o goleiro está se submetendo desde ontem. "O sangue do jogador é colhido, centrifugado e aplicado no local do estiramento para acelerar o processo de cicatrização", explicou Braga.Fábio Costa sofreu estiramento muscular num treino recreativo no dia seguinte ao empate por 2 a 2 com o Botafogo, na Vila Belmiro, no dia 13 de julho. Com a péssima campanha do time no Campeonato Brasileiro, há 15 rodadas estacionado na zona de rebaixamento, Cuca tentou apressar depois da goleada sofrida contra o Palmeiras, no Parque Antártica, porém ele não resistiu a um teste de campo. Na semana passada, a volta de Fábio Costa contra o Flamengo era considerada certa, mas ele voltou a sentir a contusão durante um treino alemão e saiu de campo chorando.Outro jogador que vai demorar a voltar ao treinos e o volante Adriano, que vai fazer uma artroscopia no joelho direito, nesta quarta às 10h, no Hospital São Luiz. A previsão para a sua volta é de aproximadamente 30 dias. A cirurgia estava marcada para a semana passada, mas o jogador tentou, por conta própria, um tratamento alternativo e disse aos médicos que estava curado. Porém, durante os treinos, voltou a sentir dores, ficou fora do jogo de domingo e agora vai passar pelo artroscopia.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.