Santos espera a volta de Elano

O Santos só volta a jogar no domingo, contra o União São João, e o técnico Emerson Leão quer aproveitar a folga para proporcionar a recuperação física dos jogadores que retornaram da disputa do Pré-olímpico no Chile. Já Elano continua em tratamento da contusão no tornozelo e a esperança é que se recupere para voltar logo ao time. Nesse esquema, houve folga nesta segunda-feira e os atletas só se reapresentam às 16 horas desta terça-feira para os treinamentos.A boa fase no Paulista dá ao time a liderança do grupo 2, com 11 pontos conquistados nas três vitórias e dois empates nos cinco jogos que disputou. Mas o time tem conseguido bons resultados geralmente de virada, o que causa um pouco de preocupação no elenco, cujo objetivo é o de sempre se manter na ponta do campeonato.É por isso que atitudes como a de Léo, que quase foi expulso no começo do jogo de domingo contra o Santo André mereceram críticas por parte do técnico Leão, já que uma expulsão poderia prejudicar o time e complicar o jogo. O lateral-esquerdo concorda com o treinador e sabe que fez besteira ao reclamar daquela forma com o juiz Luiz Carlos Vicentin."Achei que foi falta, mas errei ao me exaltar demais com a não marcação", disse Léo, que recebeu cartão amarelo e por pouco não foi expulso. "Ele me deu o cartão por reclamação e, depois, pedi desculpas porque estava realmente errado", comentou o lateral, satisfeito por receber apenas a advertência."No calor do jogo você se perde um pouco e ainda bem eu tive a sorte de não ter sido expulso, pois da forma que reclamei, ele poderia ter me colocado para fora e aí eu teria prejudicado o Santos".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.