Santos espera desencantar o ataque contra o São Caetano

Fazer o ataque funcionar será o maior desafio de Vanderlei Luxemburgo no segundo jogo do Santos no Campeonato Paulista, neste sábado, às 18h10, contra o São Caetano, na Vila Belmiro. Na estréia, o armador Zé Roberto e o zagueiro Antônio Carlos se encarregaram de levar a equipe à vitória, enquanto Rodrigo Tabata, improvisado como segundo atacante, correu muito, mas produziu pouco. Fabiano mostrou qualidade em alguns momentos e insegurança na hora de finalizar. "O que eu mais senti foi falta de ritmo", explica o centroavante. "E não era para menos porque o jogo contra o Grêmio Barueri foi o primeiro em que eu fiquei os 90 minutos em campo, depois das duas contusões que me deixaram fora dois anos", justificou Fabiano, que tem o apoio, e até a torcida, dos companheiros e a confiança de Luxemburgo. O técnico teve dificuldade para explicar porque o Santos começou 2007 como terminou 2006, quando experimentou 14 duplas ofensivas, sem nenhum resultado positivo. Ele disse que é natural um time ter uma base sólida - no caso do Santos, formada por Fábio Costa, Antonio Carlos, Maldonado, Kleber e Zé Roberto - e o seu técnico fazer experiências para procurar preencher as demais posições, na tentativa de encontrar o time ideal. "Estou dando espaço para Fabiano, que é um jogador com potencial. Se não lhe der chance, não saberemos se tem ou não condições para ser titular." Paciência é a ordem do outro lado O técnico Dorival Júnior já tem a receita para o São Caetano vencer o Santos neste sábado na Vila Belmiro. Ele pede paciência aos jogadores para saber a hora certa de surpreender o adversário. "Estamos em formação e não podemos nos afobar. Não vamos só nos defender, temos que procurar ter iniciativa no jogo". Ele pensa, porém, em colocar o meia Márcio Richards como titular, mas não confirma a mudança. "Ele é uma possibilidade que posso colocar em campo, mas ainda vou esperar." Se entrar, Galiardo ou Canindé perdem a posição. Richards fez os dois gols da vitória por 2 a 0 sobre o Guaratinguetá, na quarta-feira, na estréia do São Caetano na temporada. Ficha técnica: Santos x São Caetano Santos - Fábio Costa; Adailton, Antonio Carlos e Ávalos; Pedro, Maldonado, Cléber Santana, Zé Roberto e Kleber; Rodrigo Tabata e Fabiano. Técnico: Vanderlei Luxemburgo. São Caetano - Luiz; Paulo Sérgio, Maurício, Thiago e Triguinho; Glaydson, Jonas, Galiardo (Márcio Richards) e Canindé; Marcelinho e Somália. Técnico: Dorival Júnior. Horário - 18h10. Juiz - Wilson Luiz Seneme. Local - Estádio da Vila Belmiro, em Santos (SP). TV - SporTV.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.