Santos faz 3 a 0 e acaba com a invencibilidade do Botafogo

Equipe paulista supera o líder e consegue se afastar da zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro

14 de julho de 2007 | 18h28

Caiu o último invicto no Campeonato Brasileiro. O Santos superou o líder Botafogo por 3 a 0, na tarde deste sábado, na Vila Belmiro, e ainda conseguiu se afastar da zona de rebaixamento. A equipe carioca não contou com o atacante Dodô - vice-artilheiro do Nacional com sete gols -, que está suspenso preventivamente por ter sido pego no exame antidoping.Com o resultado, o Santos soma agora 14 pontos na tabela de classificação, dois à frente das equipes que estão na zona de descenso à Série B. Já o Botafogo, que somava sete vitórias e três empates antes do confronto na Baixada Santista, segue na liderança do Brasileirão com 24 pontos e não está ameaçado de perder o posto nesta rodada.O Santos não soube aproveitar o fator campo e esteve muito mal na primeira etapa. A equipe da Baixada Santista só não sofreu gol antes do intervalo devido ao fraco rendimento do ataque botafoguense, que não soube aproveitar as inúmeras brechas e falhas da defesa santista. A situação do clube paulista ficou ainda mais critica quando o chileno Maldonado sentiu uma lesão na perna esquerda e teve que ser substituído por Vitor Júnior com menos de 30 minutos de partida.O melhor lance dos anfitriões foi com Pedrinho, que quase acertou o ângulo direito do goleiro Júlio César num chute colocado de fora da área. Muito bem marcado, o camisa 10 santista esteve apagado em campo e não conseguiu repetir a excelente apresentação na goleada sobre o Cruzeiro, na rodada anterior.Após o intervalo, o Santos voltou ao gramado com uma atitude mais agressiva. Luxemburgo adiantou mais a marcação e os meias Pedrinho e Rodrigo Tabata ficaram mais livres para chegar. A mudança tática surtiu efeito aos 15 minutos, quando os donos da casa marcaram o primeiro. Em cobrança de lateral na esquerda, Carlinhos mandou para Marcos Aurélio na área, que se livrou de dois marcadores antes de bater sem chances de defesa para Júlio César.Comando o ritmo do confronto, o Santos ampliou a vantagem em seguida. Em cobrança de falta próxima da área, Rodrigo Tabata bateu colocado no canto direito de Júlio César, que não conseguiu evitar o segundo gol santista. O meia se junta agora com Pedrinho e Marcos Aurélio na artilharia do Santos no Nacional, com quatro gols cada. Nos lances finais, o Santos fez o terceiro, quando Carlinhos foi lançado e cruzou rasteiro para Moraes completar.Na próxima rodada do Nacional, o Santos faz o clássico paulista com o Palmeiras, na quinta-feira, no Estádio do Palestra Itália. O Botafogo tenta a reabilitação diante do Sport. Porém, a partida só acontecerá no dia 22, na Ilha do Retiro.SANTOS 3 X 0 BOTAFOGOSantos - Fábio Costa; Alessandro, Domingos, Marcelo e Carlinhos; Maldonado (Vitor Júnior), Rodrigo Souto, Dionísio e Rodrigo Tabata (Adoniran); Pedrinho e Marcos Aurélio (Moraes). Técnico: Vanderlei Luxemburgo.Botafogo - Júlio César; Alex, Juninho , Luciano Almeida (Diguinho) e Joílson; Leandro Guerreiro, Túlio , Lúcio Flávio (Ricardinho) e Zé Roberto; Jorge Henrique (Vitor Castro) e André Lima. Técnico: Cuca.Gols - Marcos Aurélio, aos 15, Rodrigo Tabata, aos 19, e Moraes, aos 45 minutos do segundo tempo.Árbitro - Leonardo Gaciba da Silva (Fifa/RS).Público - 12.554 pagantes.Local - Estádio Vila Belmiro, em Santos (SP).

Tudo o que sabemos sobre:
SantosBotafogoBrasileirão Série A

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.