Arquivo/AE
Arquivo/AE

Santos faz acordo, e Lucio Flavio vira moeda de troca

Com salário de mais de R$ 100 mil por mês, jogador está fora dos planos da diretoria santista

SANCHES FILHO, Agencia Estado

20 de maio de 2009 | 19h37

Agora é oficial: o meia Lucio Flavio não joga mais pelo Santos. E é considerado moeda de troca pelos dirigentes. O clube faz qualquer negócio para se livrar do pagamento do alto salário de mais de R$ 100 mil, de acordo com fontes do clube.

 

Veja também:

link Mancini critica notícia sobre confusão nos vestiários

especial Visite o canal especial do Brasileirão

especial Jogue o Desafio dos Craques

tabela Brasileirão Série A - Classificação e Calendário

especial Dê seu palpite no Bolão Vip do Limão

Nesta quarta-feira, o meia, contratado no começo do ano a pedido de Márcio Fernandes para ser o ''maestro'' do time, teve uma nova reunião com os dirigentes, mas não houve acordo para a rescisão do contrato que vai até 31 de dezembro de 2010.

O que ficou decidido é que ele não faz mais parte do elenco e está liberado para procurar outro clube. Lucio Flavio não quis abrir mão da pesada multa contratual e o Santos se recusa indenizar o meia. Segundo o supervisor de futebol, Ocimar Bolicenho, o Santos vai pedir um jogador em troca do clube que quiser levar o armador.

"Lucio Flávio é um jogador correto, e esse acordo facilita ambas as partes. Não recebemos o posicionamento oficial sobre o futuro do atleta. Assim que isso for feito, vamos discutir uma troca por outro atleta" afirmou o dirigente.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.