Santos faz acordo judicial e quita dívida com Rincón

Clube da Vila Belmiro pagará R$ 1,7 milhão ao ex-jogador colombiano, que inicialmente pedia R$ 13,583 milhões

11 de janeiro de 2008 | 08h57

O Santos fez um acordo judicial e quitou uma dívida que era cobrada pelo ex-jogador colombiano Rincón desde maio de 2003. A cobrança era de R$ 13,583 milhões referentes a salários atrasados, mas o clube acertou o pagamento de R$ 1,7 milhão, que ainda será parcelado. Veja também: Fábio Costa elogia torcedores e Betão Santos tenta tirar Hugo, Tardelli e Souza do São Paulo O processo estava aguardando uma decisão de última instância, no Tribunal Superior do Trabalho (TST), em Brasília. Mas, com o acordo entre as duas partes, homologado na 1.ª Vara do Trabalho de Santos, ele foi encerrado. "Nas previsões orçamentárias, prevíamos que iríamos ter que pagar R$ 2 milhões ao Rincón. Conseguimos um resultado que superou nossas próprias justificativas", comemorou o advogado do clube, Marcus Vinícius Lourenço Gomes.

Tudo o que sabemos sobre:
Santos FCRincón

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.