Santos faz testes no amistoso em Cuiabá

O Santos vai usar o amistoso de amanhã às 21h30 (horário de Brasília) contra o Esporte Clube Cuiabá para fazer experiências na equipe, ao mesmo tempo em que alguns jogadores entrarão para manter o ritmo de jogo. Além dos jogadores que estão na seleção, os santistas não contarão com o técnico Leão no comando da equipe. Ele passou por uma artroscopia no seu joelho esquerdo na quinta-feira e hoje esteve no CT Rei Pelé para conversar com os atletas e passar as últimas orientações ao seu auxiliar Pedrinho Santilli, que está comandando o time. Leão explicou que vinha necessitando dessa cirurgia havia alguns anos e o problema foi se agravando. "É uma herança do meu tempo de atleta e ela se agravou porque estou em constante movimento nos treinos e sempre participo com treinamentos e chutes". Ele acredita que dentro de uma semana estará livre das muletas e poderá retornar aos campos. Enquanto isso não ocorrer, Pedrinho será o responsável pelo time e é provável que Leão vá à Vila Belmiro no sábado para orientá-lo na partida contra o Criciúma. Para o jogo de amanhã, Leão quer alguns atletas, como Robinho e Jerri, atuando o tempo todo, mas todas as substituições possíveis (seis mais o goleiro) serão feitas. Assim, o lateral-direito Neném vai entrar no segundo tempo, em sua primeira partida com a camisa do Santos. O técnico não confirmou, mas os centroavantes Val Baiano e Marcelo deverão atuar um tempo cada um. A surpresa foi a exclusão do centroavante William no amistoso de amanhã e essa foi uma opção do técnico Leão, que explicou: "no jogo contra o Flamengo, ele deu uma amostra muito positiva daquilo que estávamos esperando, mas não o suficiente para garantir a condição de titular". Segundo o técnico, "William estava devendo, eu disse a ele que se movimentasse muito mais do que tem feito, marcou dois gols e esperamos que no próximo jogo ele mantenha esse nível de goleador". Essa expectativa de Leão é para o jogo de sábado contra o Criciúma, válido pelo Brasileiro. "O William teve uma performance muito boa e pretendo que mantenha essa entrada, quero que ele entre com os gols contra o Flamengo na cabeça". Se jogasse amanhã, poderia ter uma fraca atuação, já que é um amistoso e ele jogaria apenas um tempo. Isso poderia quebrar o ritmo que o treinador espera que ele adquira para se firmar como centroavante titular do Santos. O zagueiro Alex também não jogará amanhã. No sábado, ele cumprirá suspensão automática e Leão aproveitou as duas semanas para que o atleta passe por um trabalho mais forte para se recuperar das dores no joelho e na virilha.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.