Divulgação
Divulgação

Santos fecha lista da Libertadores sem zagueiro Alex Silva

Time não conseguiu acertar transferência por pendências do jogador com o Flamengo

AE, Agência Estado

14 de fevereiro de 2012 | 18h50

SANTOS - Com um dia de atraso, o Santos enviou nesta terça-feira para a Conmebol a lista dos 25 atletas inscritos para a primeira fase da Copa Libertadores. Mas de nada adiantou postergar a entrega. O clube não conseguiu acertar a contratação de Alex Silva e vai disputar a primeira fase da competição com apenas quatro jogadores para a posição.

Como Muricy Ramalho tem um elenco reduzido, não foi difícil fazer cortes até chegar à lista de 25. Mesmo machucados, Léo e Rentería foram inscritos. Com isso, ficaram de fora os jovens Paulo Henrique e Tiago Alves, ambos de 19 anos recém-completados.

A único ausência na lista que pode ser considerada surpresa é a de Maranhão. O jogador, que voltou de empréstimo junto ao Coritiba e foi titular em quatro jogos do Paulistão, foi preterido em relação ao garoto Crystian, de 19 anos. Emerson, Breitner, Rafael Caldeira, Tiago Luis e Felipe são outros dos jovens que sobraram.

Com relação aos 23 inscritos do Mundial, saíram Danilo, Diogo e Bruno Aguiar, três que não estão mais no clube. Entraram os reforços Juan e Fucile, além de Crystian, Dimba e Adriano, que está voltando de lesão.

Confira a lista de 25 inscritos pelo Santos, com a respectiva numeração:

Goleiros - Rafael (1), Aranha (12) e Vladimir (24).

Zagueiros - Edu Dracena (2), Durval (6), Bruno Rodrigo (14) e Vinicius Simon (23).

Laterais - Léo (3), Fucile (4), Crystian (13), Juan (16), Pará (21).

Volantes - Arouca (5), Henrique (7), Adriano (15) e Anderson Carvalho (22).

Meias - Elano (8), Paulo Henrique Ganso (10), Felipe Anderson (17) e Ibson (18).

Atacantes - Borges (9), Neymar (11), Alan Kardec (19), Rentería (20) e Dimba (25).

Tudo o que sabemos sobre:
futebolSantosCopa Libertadores

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.