Santos fica sem Marcos Aurélio para a Copa Libertadores

A novela Marcos Aurélio x Atlético Paranaense não chegou ao fim nesta sexta-feira, como o Santos esperava para poder contar com o atacante na primeira fase da Copa Libertadores da América. Nesta sexta, foram ouvidas na 11.ª Vara do Trabalho de Curitiba as testemunhas do clube paranaense e do jogador, mas a decisão sobre o impasse só deverá ser anunciada pela juíza Rosângela Vidal na próxima sexta. Como a seletiva faz parte da primeira fase da Libertadores, o Santos tem que apresentar a relação dos 25 jogadores até o fim do expediente da Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol) na segunda, 48 horas antes da primeira partida contra o Blooming, da Bolívia. E Marcos Aurélio só terá chance de participar da competição se ganhar a ação na Justiça e o time de Vanderlei Luxemburgo se classificar às oitavas-de-final, quando será permitida a troca de até três jogadores da relação inicial. Na impossibilidade de contar com Marcos Aurélio, Luxemburgo deve pedir a contratação de Pedrinho para formar dupla de área com Fabiano. Segundo os médicos, os fisioterapeutas e preparadores físicos do clube, o meia está pronto para voltar a jogar. Os dirigentes disseram nesta sexta que o contrato por produtividade de Pedrinho deverá ser assinado na manhã da próxima segunda e registrado na CBF em seguida.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.