Santos ficou mais forte, diz Geninho

Um dia depois de trazer de volta o atacante Viola, a diretoria do Santos conseguiu hoje mais um reforço para o time que disputará o Campeonato Brasileiro deste ano. O volante Válber, de 34 anos, alugou seu passe para a equipe do técnico Geninho por um período de três meses, com opção de renovar por período igual. O jogador, que já passou pelo São Paulo, Vasco, Botafogo e Coritiba, entre outros clubes, era esperado no fim da tarde em Sorocaba, onde a equipe está concentrada. "É mais um jogador experiente para dar o equilíbrio necessário ao time, que tem muitos atletas jovens", disse o técnico Geninho. Segundo ele, a filosofia do clube é de mesclar jogadores jovens com alguns de mais experiência, como são os casos de Válber e Viola. "Não estamos trazendo jogadores famosos, mas isso não significa que o Santos deixará de ser competitivo. Acho até que vamos ser mais fortes que na última temporada." Geninho acha que a "garotada" nova deve surpreender. Sem dizer nomes, ele disse que alguns dos jogadores novos têm tudo para serem revelações. O técnico considera que a equipe ainda não está completa para disputar o Brasileiro. "Falta um zagueiro, mas estamos correndo atrás." Estão sendo feitos contatos com vários jogadores e Geninho espera que a negociação seja fechada o mais rápido possível. Enquanto isso, o elenco ficará treinando em dois períodos diários. O time ficará concentrado em Sorocaba até sexta-feira à noite, quando a delegação viaja para São Caetano do Sul. No sábado, às 16 horas, o Santos faz um jogo treino contra o São Caetano.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.