Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Santos ganha do Fluminense na Vila Belmiro

Kléber Pereira está salvando o Santos no Campeonato Brasileiro. Após ser acusado por alguns torcedores santistas de "cachaceiro, baladeiro e desinteressado", o atacante chamou para si a responsabilidade de livrar o time do rebaixamento e está cumprindo seu objetivo. Com muitos gols, além de criar as principais jogadas ofensivas, o artilheiro da competição - já fez 18 - voltou a se destacar neste domingo, na vitória por 2 a 1 sobre o Fluminense, na Vila Belmiro.Com a vitória deste domingo, o Santos chegou ao sexto jogo seguido sem derrota, chegando aos 29 pontos e saindo novamente da zona de rebaixamento do Brasileirão. Já o Fluminense continua lá, seriamente ameaçado pelo descenso, com apenas 25 pontos somados até agora, depois de 25 rodadas disputadas."Fico muito emocionado e feliz em dar alegria para essa torcida, a melhor do mundo", afirmou Kléber Pereira, parecendo ter esquecido as duras críticas que recebeu recentemente dos próprios santistas. Neste domingo, ele deixou o campo ovacionado. "Não dava para entender ver esse time na zona de rebaixamento, como começamos o jogo (o Santos estava em 17º lugar, por causa dos demais resultados da rodada). Fomos bem no Paulista, na Libertadores. Temos é de brigar por outras coisas."O duelo deste domingo marcou o reencontro do Santos com o técnico Cuca. Agora no Fluminense, ele deixou a Vila Belmiro recentemente, após uma série de insucessos no comando santista. Sem ressentimentos, cumprimentou todos os jogadores do seu antigo time. "Coisas do futebol, um dia você está num lugar, outro dia em outro. Não tive problemas aqui", admitiu.Mas Cuca não conseguiu fazer o seu Fluminense parar Kléber Pereira. O atacante santista, artilheiro isolado do Brasileirão, criou várias chances, quase fez um golaço de longa distância, ao encobrir o goleiro Diego, e abriu o caminho da vitória. Foi aos 45 minutos do primeiro tempo, quando ele fez 1 a 0 para o Santos.Depois, no segundo tempo, o Santos ampliou com o gol de cabeça de Bida, aos 32 minutos. O Fluminense ainda diminuiu com um chute de Romeu, aos 45, mas já era tarde para conseguir o empate. Apesar da pressão adversária nos acréscimos, os jogadores santistas seguraram a vantagem e saíram com a vitória na Vila Belmiro.Ficha técnica:Santos 2 x 1 FluminenseSantos - Douglas; Wendel, Domingos, Fabiano Eller e Kléber; Rodrigo Souto, Roberto Brum, Bida (Fábio Santos) e Molina (Pará); Cuevas e Kléber Pereira. Técnico: Márcio Fernandes.Fluminense - Diego; Roger (Somália), Thiago Silva e Luiz Alberto; Arouca, Romeu, Maurício (David), Conca e Júnior César; Éverton Santos (Tartá) e Maicon. Técnico: Cuca.Gols - Kléber Pereira, aos 45 minutos do primeiro tempo; Bida, aos 32, e Romeu, aos 45 do segundo.Árbitro - Carlos Eugênio Simon (RS).Cartão amarelo - Bida, Domingos, Douglas, Carleto e Conca.Renda - R$ 93.489,00.Público - 11.085 pagantes.Local - Vila Belmiro, em Santos (SP).

FABIO HECICO, Agencia Estado

14 de setembro de 2008 | 20h28

Tudo o que sabemos sobre:
futebolBrasileirãoSantosFluminense

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.