Santos ganha dos reservas do Corinthians por 3 a 1

Contra os reservas do Corinthians - os titulares foram poupados para a Copa do Brasil -, o Santos ganhou o clássico paulista por 3 a 1, neste domingo, na Vila Belmiro, pela quarta rodada do Brasileirão. A vitória em casa levou os santistas aos oito pontos no campeonato, deixando os corintianos com apenas quatro.

ANDRÉ RIGUE, Agencia Estado

31 de maio de 2009 | 18h20

Foi uma reedição da final do último Campeonato Paulista, quando o Corinthians levou a melhor e ficou com o título. Mas, dessa vez, os corintianos entraram em campo com um time completamente reserva - enfrentam o Vasco na quarta-feira, no Pacaembu -, o que facilitou bastante a vida do Santos.

A primeira grande chance, no entanto, foi do Corinthians. Aos 13 minutos, o atacante Souza deu passe de primeira para Morais. O meia soltou a bomba da entrada da área, mas o goleiro Fábio Costa espalmou. Esse, aliás, foi o único bom ataque corintiano na etapa inicial, que teve total controle santista.

O Santos não precisou de muito esforço para chegar ao gol. Com liberdade para atuar na lateral-direita, Luizinho invadiu a área e cruzou rasteiro. O meia Paulo Henrique Lima desviou na pequena área. O goleiro Júlio César pulou na bola e ainda tentou evitar que ela ultrapassasse a linha, mas não conseguiu.

Formado em grande parte por garotos, o time do Corinthians sentiu a pressão na Vila Belmiro. Aos 29 minutos, Kléber Pereira chutou de fora da área. Júlio César deu rebote e novamente Paulo Henrique Lima desviou para o fundo das redes: 2 a 0. O resultado deixou o Santos "relaxado" no segundo tempo.

Assim, o Corinthians chegou ao gol logo aos 5 minutos. Morais deu um chute forte e Fábio Costa não segurou, rebatendo a bola para o meio da área. Aí, ficou fácil para o zagueiro Renato, sozinho, fazer o gol corintiano. O Santos ficou um pouco assustado, mas logo retomou o controle da partida.

Para facilitar ainda mais a vida santista, o meia Lulinha foi expulso aos 20 minutos, deixando o Corinthians com um jogador a menos em campo. Aí, saiu o terceiro gol do Santos, já aos 44, quando o volante Germano chutou e o meia Madson, sozinho, só teve o trabalho de empurrar a bola para o fundo das redes.

FICHA TÉCNICA:

Santos 3 x 1 Corinthians

Santos - Fábio Costa; Luizinho (Pará), Fabão, Fabiano Eller e Léo (Germano); Rodrigo Souto; Roberto Brum, Paulo Henrique, Madson e Molina (Neymar); Kléber Pereira. Técnico: Vágner Mancini.

Corinthians - Júlio César; Diogo, Jean, Renato e Wellington Saci (Bruno); Jucilei (Marcinho), Moradei (Jadson), Boquita e Morais; Lulinha e Souza. Técnico: Mano Menezes.

Gols - Paulo Henrique Lima, aos 17 e aos 29 minutos do primeiro tempo; Renato, aos 5, e Madson, aos 44 minutos do segundo tempo.

Árbitro - Leandro Pedro Vuaden (RS).

Cartões amarelos - Fabiano Eller, Jean, Renato, Souza e Boquita.

Cartão vermelho - Lulinha.

Renda - R$ 245.040,00.

Público - 10.666 pagantes.

Loca - Vila Belmiro, em Santos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.